Duas crianças, uma menina de 9 anos e um menino de 5, foram encontradas mortas na manhã de domingo, 9, dentro de uma residência, no bairro Itaim Paulista, na zona leste de São Paulo. As vítimas estavam deitadas em uma cama ao lado da mãe, de 27 anos, que foi localizada com vida, mas com múltiplos machucados pelo corpo, incluindo nos braços e pulsos. Ela foi presa e flagrante e deve responder por homicídio.

Segundo a Polícia Militar, as lesões teriam sido provocadas por ela mesma. As crianças, conforme a PM, não tinham sinais evidentes de estrangulamento, perfuração e enforcamento, mas já estavam em estado de óbito evidente, constatado pelo Samu, no momento em que os agentes chegaram ao local.

+ Homem é preso suspeito de estuprar 5 primas durante 14 anos em MT

O irmão da mãe, tio das vítimas, foi quem presenciou a cena e denunciou o caso aos policiais. De acordo com o relato da polícia, o homem se deparou com as crianças já sem vida, e a irmã em tentativa de suicídio.

A polícia não tem informações se ela estava com sinais de embriaguez ou sob efeito de entorpecentes no momento em que foi abordada.

Ferida, a mulher foi socorrida e levada ao Hospital Santa Marcelina da região, sob escolta da PM. Ela recebeu alta, passou pelo Instituto Médico Legal de Artur Alvim e, posteriormente, foi encaminhada ao 50º Distrito Policial (Itaim Paulista), onde a ocorrência foi registrada. De acordo com a Secretaria de Segurança Pública, a autoridade policial representou pela conversão da prisão em flagrante em preventiva à Justiça.

* Com informações do Estadão Conteúdo