Um corretor de imóveis foi preso após abandonar um flanelinha no motel deixando a conta de R$ 500 para ser paga pelo “companheiro”. O caso aconteceu nesta segunda-feira, 6, em Cabedelo (PB), município que fica na região metropolitana de João Pessoa. As informações são da coluna Na Mira, do Metrópoles.

+ CE: Idoso mata amante em motel por não aceitar fim de relacionamento

+ Motel é condenado a pagar R$ 15 mil de indenização a mulher que teve quarto invadido pelo ex

As autoridades teriam sido acionadas pelo gerente do motel às 8h, que se deparou com o flanelinha alegando que não tinha dinheiro para arcar com os custos da estadia. O casal havia usufruído de cerveja, cigarros, refrigerantes e apetrechos sexuais como uma “calcinha erótica”.

Após a noite, por volta das 6h, o corretor de imóveis disse ao flanelinha que iria para casa buscar dinheiro mas não retornou. O sujeito declarou aos funcionários do motel que conheceu o homem que o lesou no mesmo dia em que foram ao estabelecimento.

Por meio das câmeras de segurança do local, as autoridades conseguiram identificar o veículo do corretor, que estava com adesivos de uma empresa imobiliária. O investigado foi preso e assinou um Termo Circunstanciado de fraude na delegacia e foi liberado posteriormente.

Apesar de utilizar símbolos da imobiliária, o sujeito não faz mais parte da companhia.