Esportes

Ponte Preta tem dois gols anulados, mas vence Brasil de Pelotas pela Série B

Em jogo que contou com forte atuação do VAR, João Veras marcou já nos minutos finais

Ponte Preta tem dois gols anulados, mas vence Brasil de Pelotas pela Série B

a Ponte Preta conseguiu marcar somente no fim (Foto: Divulgação/Álvaro Jr/PontePress)


Na noite deste domingo (26), a Ponte Preta sofreu, mas conseguiu vencer o Brasil de Pelotas pela Série B. Dominante durante todo o jogo, a Macaca teve dois gols anulados, e João Veras decidiu o confronto já nos minutos finais. Com a vitória, o time campineiro subiu duas posições na tabela e agora aparece em 13°. Por outro lado, o Xavante segue afundado no último lugar.

Agora, as duas equipes voltam a campo na próxima quarta-feira (29). Às 19h, o Brasil de Pelotas recebe o Brusque. Enquanto isso, às 21h30, a Ponte Preta visita o CSA. Ambas as partidas são válidas pela 27ª rodada do Brasileirão Série B 2021.

>Aplicativo de resultados do LANCE! está disponível na versão iOS

Ponte Preta domina o confronto
​Os primeiros 15 minutos no Moisés Lucarelli foram todos da Ponte Preta. Com as linhas altas, a Macaca dificultou a saída de bola dos visitantes, e Marcos Júnior finalizou com perigo logo no começo. Em seguida, Rafael Santos cruzou na cabeça de João Veras, que mandou para o fundo das redes. Contudo, apesar da festa, o tento foi anulado pelo VAR, visto que o lateral estava impedido na origem.

O gol anulado não diminuiu o ímpeto da equipe da casa. Em falta próxima da área, Moisés mandou a bola na trave do goleiro Marcelo. Na sobra, João Veras tentou emendar de primeira, mas acabou desperdiçando a oportunidade clara de abrir o placar de vez.

Jogo perde o ritmo
​Depois da pressão inicial, a Ponte Preta abaixou as linhas e deixou o Brasil de Pelotas trabalhar melhor os passes e tentar sair para o jogo. Por sua vez, a equipe do Rio Grande do Sul não tentou lances agudos e preferiu estudar melhor as suas jogadas.

Com a bola, a Macaca não conseguiu infiltrar na área adversária e foi pouco incisiva nos seus lances. Os laterais pontepretanos participaram bastante das jogadas na parte intermediária do primeiro tempo.

Trave salva o Brasil de Pelotas
Depois de um período morno, a partida voltou a pegar fogo na reta final da primeira etapa. Em jogada individual, Richard voltou a levar perigo ao gol defendido por Marcelo. O atacante cortou para a esquerda e mandou por cima do gol. Pouco depois, o goleiro do Brasil cortou mal um cruzamento, e Lucas Cândido pegou o rebote. Entretanto, o chute do volante parou no travessão.

Depois de ficar acuado durante todos os 45 minutos iniciais, o Brasil de Pelotas finalmente conseguiu assustar Ivan. Nos acréscimo, Vidal arriscou de longe, e o goleiro espalmou para frente. Erison tentou aproveitar o rebote, mas não conseguiu cabecear em direção ao gol, levando o placar zerado para os vestiários.

Filme repetido
​A volta para o segundo tempo foi praticamente a repetição do que se viu no começo da primeira etapa. Richard tentou em uma sobra na área, mas errou o alvo. Em seguida, Cleylton apareceu no meio da defesa e completou o cruzamento, mas viu Marcelo fazer um verdadeiro milagre. Já aos 14 minutos, Fessin aproveitou o bate e rebate para abrir o placar para a Macaca. Entretanto, assim como nos 45 minutos iniciais, o tento foi anulado por impedimento, dessa vez de João Veras.

Por sua vez, o Brasil de Pelotas pouco ofereceu perigo ao gol de Ivan. Na sua melhor chegada, Erison recebeu pela esquerda e arrematou. Mas, o chute bateu na rede pelo lado de fora.

Esse valeu!
​Depois do novo gol anulado, a Ponte Preta não conseguiu mais criar chances reais com as próprias pernas até os minutos finais. Já aos 44, Rafael Santos cruzou da esquerda, e João Veras apareceu no meio dos defensores para empurrar para o fundo do gol.



Desesperado pelo empate, o Brasil de Pelotas partiu para o “tudo ou nada”, mas não obteve êxito. Sendo assim, o confronto no Moisés Lucarelli se encerrou em 1 a 0 a favor dos mandantes.

FICHA TÉCNICA
PONTE PRETA 1 X 0 BRASIL DE PELOTAS
​​​Local
: Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas-SP
Data/Horário: 26 de setembro de 2021 (domingo), às 18h15
Árbitro: Paulo Roberto Alves Junior (PR)
Assistentes: Bruno Boschilia (PR) e Victor Hugo Imazu dos Santos (PR)
Gol: João Veras (44’/2°T) (1-0)
Cartões amarelos: Wesley, Erison, Gabriel Terra (Brasil de Pelotas)

PONTE PRETA: Ivan; Felipe Albuquerque, Rayan, Cleylton e Rafael Santos; Marcos Júnior, Lucas Cândido (Thalles, aos 29’/2°T) e Fessin (Camilo, aos 29’/2°T); Richard (Niltinho, aos 29’/2°T), Moisés (Marcelo Hermes, aos 48’/2°T) e João Veras (Léo Naldi, aos 50’/2°T). Técnico: Gilson Kleina.

BRASIL DE PELOTAS: Marcelo; Vidal, Arthur, Ícaro e Kevin; Alan Dias (Gabriel Poveda, aos 16’/2°T), Wesley (Rômulo, aos 0’/2°T) e Renatinho (Héverton, aos 26’/2°T); Caio Rangel (Gabriel Terra, aos 16’/2°T), Rildo (Netto, aos 16’/2°T) e Erison. Técnico: Cirilo.

Saiba mais
+ Mãe de Medina compara Yasmin Brunet a ‘atriz pornô’ e colunista divulga conversa
+ Chamada de atriz pornô, Yasmin Brunet irá processar mãe de Gabriel Medina
+ Mulher divide marido com mãe e irmã mais nova: ‘Quando não estou no clima’
+ Em pose sexy, Cleo Pires afirma: "Amando essa minha bunda grande"
+ Médicos encontram pedaço de cimento em coração de paciente durante cirurgia
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Passageira agride e arranca dois dentes de aeromoça
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio