Esportes

Ponte Preta marca nos acréscimos e afunda São Caetano na lanterna


A Ponte Preta contou com um gol de Moisés nos acréscimos do segundo tempo para se reabilitar no Campeonato Paulista e ganhar do São Caetano, por 2 a 1, de virada, na noite desta quinta-feira, no Estádio Anacleto Campanella, em São Caetano do Sul, pela sétima rodada.

Com os mesmos dez pontos da Ferroviária, a Ponte segue na terceira colocação do Grupo B porque leva desvantagem no saldo de gols (2 a 1). Já o São Caetano segue sem vencer e caminha a passos largos rumo à Série A2, amargando a lanterna do Grupo D e da classificação geral, com apenas dois pontos.

O primeiro tempo no Anacleto Campanella teve o VAR como protagonista. Logo no início, o árbitro Adriano de Assis Miranda foi chamado após a bola bater no braço de Luizão em cruzamento de Walter, mas manteve a decisão de campo e não marcou pênalti. Mesmo assim, o São Caetano abriu o placar aos 15 minutos com Caetano aproveitando rebote de Ygor Vinhas.

A Ponte Preta chegou a empatar com Camilo, mas o gol foi anulado após o VAR assinalar impedimento de Niltinho na origem do lance. Quando o primeiro tempo se encaminhava para o final, Niltinho foi derrubado por Braz dentro da área. O árbitro assinalou pênalti apenas depois de consultar o VAR e Camilo deixou tudo igual aos 49 minutos.

Parecia que a virada da Ponte era apenas questão de tempo pelo bom início de segundo tempo, mas quem quase marcou foi o São Caetano. Walter recebeu livre na direita e finalizou rasteiro para defesa de Ygor Vinhas. Na sequência foi a vez de Luiz evitar o gol ao abafar chute de Paulo Sérgio.


+ Mãe conta à polícia que ateou fogo e matou bebê por ‘vergonha’ de ter a gravidez descoberta
+ Após ameaças, soldada da PM denuncia coronel por assédio sexual
+ Youtuber é perseguido por jacaré de três metros: veja vídeo



Quando o jogo se encaminhava para o empate, a Ponte conseguiu a virada aos 47 minutos. Moisés recebeu na entrada da área, deixou dois adversários no chão e finalizou rasteiro por baixo do goleiro Luiz.

O São Caetano volta a campo no domingo, às 22h15, contra o Botafogo, no Estádio Santa Cruz, em Ribeirão Preto. Na segunda-feira, a Ponte recebe a Inter de Limeira, às 20 horas, no Moisés Lucarelli.

FICHA TÉCNICA:

SÃO CAETANO 1 x 2 PONTE PRETA

SÃO CAETANO – Luiz; Charles, Polidoro, Caetano e Daciel; Braz (Carlos Alexandre), Neto e Gui Castro (Luis Felipe); Luizinho (William Amorim), Emerson Lima (Filipe Carvalho) e Walter. Técnico: Paulinho McLaren.

PONTE PRETA – Ygor Vinhas; Apodi, Luizão, Ruan Renato e Yuri; Dawhan (Barreto), Léo Naldi (Thalles) e Camilo (Vini Locatelli); Niltinho (Renan Mota), Moisés e Paulo Sérgio (Robinho). Técnico: Fábio Moreno.

GOLS – Caetano, aos 17, e Camilo (pênalti), aos 49 minutos do primeiro tempo. Moisés, aos 47 minutos do segundo tempo

CARTÕES AMARELOS – Daciel, Neto e Guilherme Castro (São Caetano); Léo Naldi (Ponte Preta).

ÁRBITRO – Adriano de Assis Miranda.

RENDA E PÚBLICO – Jogo sem torcida.

LOCAL – Estádio Anacleto Campanella, em São Caetano do Sul (SP).

Veja também

+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tenha também a Istoé no Google Notícias
+ Canadá anuncia primeira morte de pessoa vacinada com AstraZeneca no país
+ Yasmin Brunet comemora vitória de Gabriel Medina
+ Decifrado código dos Manuscritos do Mar Morto
+ Receita de panqueca americana com chocolate
+ Receita rápida de panqueca de doce de leite
+ Contran prorroga prazo para renovação da CNH
+ Receita de moqueca de peixe simples e deliciosa
+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Sucuris gigantes são flagradas em expedições de fotógrafos no MS