Brasil

Ponte para o Futuro ficou pela metade e não leva a outro lado do rio, diz Franco

O Ponte para o Futuro, plano apresentado pelo MDB no contexto do impeachment da ex-presidente da República Dilma Roussef, era um projeto “interessante na teoria”, mas que fracassou, afirmou nesta quinta-feira, 21, o economista Gustavo H. B. Franco, ex-presidente do Banco Central (BC) e estrategista-chefe da Rio Bravo Investimentos.

+ Mourão, sobre ser vice de Bolsonaro em 2022: ‘Estou trabalhando para isso’

Segundo Franco, que assessora o Partido Novo para a elaboração do programa de governo para a economia da candidatura de João Amoêdo, ao criar o teto constitucional para os gastos públicos, mas fracassar na aprovação da reforma da Previdência, o plano ficou pela metade.

“Uma ponte pela metade não nos leva ao outro lado do rio”, afirmou Franco, em palestra durante seminário promovido pelo Banco Mundial e pela EPGE, a escola de economia e finanças da Fundação Getulio Vargas (FGV) no Rio.

Franco também defendeu um ajuste fiscal rápido na economia. Mais cedo, no mesmo seminário, o economista-chefe do Banco Mundial para a América Latina e o Caribe, Carlos Vegh, defendeu um ajuste fiscal gradual.

O ex-presidente do BC lembrou que, em relatório divulgado em novembro, o Banco Mundial identificou o equivalente a 8,3% do Produto Interno Bruto (PIB) em despesas públicas pouco eficientes e improdutivas. Ainda assim, ao sugerir que esses gastos sejam cortados ao longo de dez anos, o Banco Mundial foi “gentil”.

“Não precisa ser tão gradual assim”, afirmou Franco.

O economista destacou que a elevação de gastos e a piora do desequilíbrio fiscal se agravou a partir dos governos Dilma e de forma rápida. “Já que a piora foi feita de forma rápida, por que não fazer a melhora de forma rápida?”, disse Franco, defendendo um ajuste em forma de choque.

Veja também

+ Ford anuncia local e investimento de US$ 700 milhões em fábrica que criará F-150 elétrico

+ RJ: tráfico promete caçar quem gravou equipe do Bravo da Rocinha: ‘Vai morrer’

+ TikTok será proibido nos EUA a partir deste domingo (20)

+ Receita fácil de balas de leite condensado

+ Hubble mostra nova imagem de Júpiter e sua lua Europa

+ Após morte de cachorro, Gabriela Pugliesi adota nova cadela

+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago

+ MasterChef: mesmo desempregado, campeão decide doar prêmio

+ Arqueólogo leva 36 anos para montar maquete precisa da Roma Antiga

+ Senado aprova alterações no Código de Trânsito Brasileiro

+ Por que não consigo emagrecer? 7 possíveis razões

+ O que é pior para o seu corpo: açúcar ou sal?

+As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?

+ Educar é mais importante do que colecionar

+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea