ISTOÉ Gente

Pompoarismo e cannabis: Negra Li fala sobre tratamento de TDAH e maturidade

Crédito: Reprodução/Instagram

Negra Li (Crédito: Reprodução/Instagram)


Negra Li abriu o coração em entrevista à Folha de S. Paulo. A cantora disse que sofre com TDAH (transtorno de déficit de atenção com hiperatividade) e, por isso, usa cannabis para tratar o problema. De acordo com Negra, ela já tentou outros tratamentos mas não obteve sucesso.

+ Larissa Manoela posta foto chorando e fala sobre ‘sofrimento por amor’
Nego do Borel come notas de dólar e causa revolta em seguidores
Juju Salimeni e Helisson Dias reatam namoro menos de um mês após término

“Tenho insônia, sou ansiosa, tenho TDAH (transtorno do déficit de atenção com hiperatividade). Passei no psiquiatra. Não deu certo tomar remédio para dormir. O que funcionou foi óleo de canábis com THC. Mudou a minha vida. Sou bem mais tranquila”, contou.

Sobre o envelhecimento, a cantora disse que se adaptou à maturidade que chegou após os 40 anos. Ela pratica pompoarismo, um tipo de exercício físico que fortalece o assoalho pélvico, e tem diversos benefícios não só na TPM mas também na sexualidade. “Foi um jeito de me autoconhecer, saber a hora que vou gozar, conseguir controlar. Agora eu não largo mais. Acho que todas as mulheres deveriam conhecer e se beneficiar disso”, finaliza ela, que aprendeu a técnica com um curso de Kelly Key.

Veja também
+ Nicole Bahls já havia sido alertada sobre infidelidade do ex-marido
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Chef playmate cria receita afrodisíaca para o Dia do Orgasmo
+ ‘Transo 15 vezes na semana’, diz Eduardo Costa ao revelar tratamento por vício em sexo
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Mercedes-Benz Sprinter ganha versão motorhome
+ Veja fotos de Karoline Lima, novo affair de Neymar
+ Anorexia, um transtorno alimentar que pode levar à morte
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago