Mundo

Pompeo adverte talibãs sobre ataques a americanos

Pompeo adverte talibãs sobre ataques a americanos

(Arquivo) O secretário de Estado americano, Mike Pompeo - POOL/AFP/Arquivos

Os Estados Unidos alertaram nesta terça-feira (30) os talibãs sobre ataques contra os americanos, em meio à indignação com as supostas recompensas oferecidas pela Rússia para atacar tropas americanas.

Em um telefonema com o negociador do grupo talibã, Mullah Baradar, o secretário de Estado americano, Mike Pompeo, “deixou clara a expectativa de que os talibãs honrem seus compromissos, que incluem não atacar os americanos”, segundo um comunicado do gabinete do chefe da chancelaria americana.

Pompeo e Baradar discutiram a implementação de um acordo de 29 de fevereiro entre os talibãs e Washington, para começar a retirar tropas como parte da tentativa do presidente Donald Trump de acabar com a guerra mais longa dos Estados Unidos.

Autoridades americanas dizem que os talibãs cumpriram sua promessa de não atacar a coalizão liderada pelos Estados Unidos, mas manteve as ações contra as forças do governo afegão, complicando as tentativas de iniciar negociações de um acordo de paz entre os dois lados.

O jornal The New York Times e outros meios de comunicação dos Estados Unidos relataram que Trump recebeu informações sobre uma unidade de espionagem russa que havia oferecido recompensas a militantes ligados aos talibãs para matar soldados americanos.

Trump insiste que não foi informado sobre isso, mas os legisladores democratas e até alguns republicanos exigiram mais explicações.

Mais cedo, os talibãs informaram sobre a conversa entre Baradar Pompeo, na qual o representante teria dito ao secretário de Estado que os guerrilheiros “não permitem que ninguém use solo afegão contra os Estados Unidos e outros países”.

Veja também

+ Pronampe: pedidos ao Sicoob somam R$ 500 mi em 1 dia, 41% do limite
+ O anel de noivado de diamantes de Nicola Peltz com o filho de Beckham, custou mais de R$2.3 milhões
+ Leilão de carros tem Camaro a partir de R$ 72 mil
+ Yamaha XSR 155, retrô de baixa cilindrada, é apresentada
+ Veja 7 incríveis casas na natureza para sonhar
+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Saiba em quais lugares o contágio pelo novo coronavírus pode ser maior