Economia

Política monetária acomodatícia será mantida até metas serem atingidas, diz Fed


O Federal Reserve (Fed, o banco central norte-americano) está comprometido a usar toda a gama de instrumentos para apoiar a economia dos Estados Unidos, afirmou nesta quarta-feira, 16. a instituição em sua decisão de política monetária. Em comunicado, o banco central norte-americano indicou que manterá sua política acomodatícia até que suas metas de inflação e emprego sejam atingidas e destacou que está “preparado para ajustar a postura da política monetária conforme apropriado, se surgirem riscos que possam impedir a realização das metas”.

Por sua vez, acerca dessas metas, o mais recente comunicado não apresentou a expressão que citava “tremendo impacto econômico e humano do vírus”, o que vinha ocorrendo usualmente durante a pandemia.

O BC norte-americano ainda informou que continuará monitorando as implicações das informações para o panorama da economia para direcionar sua política monetária. Entre os elementos observados, “saúde pública, condições do mercado de trabalho, inflação pressões e expectativas para os preços e desenvolvimentos financeiros e internacionais”.

As condições financeiras gerais nos EUA “permanecem acomodatícias, em parte refletindo medidas de política para apoiar a economia e o fluxo de crédito para famílias e empresas”, avalia o comunicado.

Veja também
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Nicole Bahls já havia sido alertada sobre infidelidade do ex-marido
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Chef playmate cria receita afrodisíaca para o Dia do Orgasmo
+ ‘Transo 15 vezes na semana’, diz Eduardo Costa ao revelar tratamento por vício em sexo
+ Mercedes-Benz Sprinter ganha versão motorhome
+ Veja fotos de Karoline Lima, novo affair de Neymar
+ Anorexia, um transtorno alimentar que pode levar à morte
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago

Tópicos

decisão EUA Fed juros