Geral

PM mata mulher com arma da corporação e se suicida em Osasco

Crédito: Reprodução/Redes sociais

Suelma foi morta pelo marido (Crédito: Reprodução/Redes sociais)

O policial militar Daniel Piauí matou Suelma Sousa, de 32 anos, nessa quinta-feira (10) após disparar duas vezes contra ela e depois se matou. O crime ocorreu em Osasco, na Grande São Paulo, de acordo com informações do G1.

Segundo a reportagem, o caso registrado no 10º Distrito Policial de Osasco como feminicídio. O autor do crime era soldado e havia entrado recentemente na corporação.

Ainda de acordo com o G1, Suelma e Daniel tiveram uma discussão durante a madrugada. A vítima teria descoberto um caso de traição cometido pelo policial.