Geral

Policial declarado morto por tsunami que devastou a Ásia é encontrado vivo após mais de 16 anos

Crédito: Reprodução

Um policial, identificado como Abrip Asep, foi declarado morto após a tsunami de dezembro 2004. Quase 17 anos depois, ele foi encontrado vivo em um hospital psiquiátrico.

O terremoto seguido de tsunami no Oceano Índico matou cerca de 230 mil pessoas, tornando-se um dos maiores desastres naturais de todos os tempos. Indonésia, Tailândia, Mianmar, Malásia, Índia e Sri Lanka foram os países mais afetados com o desastre.

De acordo com a família de Asep, o policial estava de plantão quando a tsunami atingiu a província de Aceh (Indonésia), uma das regiões mais devastadas.

Um familiar de Abrip só percebeu que o homem ainda estava vivo recentemente, depois que fotos foram compartilhadas em rede social. “Eu não conseguia acreditar, quase 17 anos sem notícias e pensávamos que ele tinha falecido, não sabíamos que ele ainda estava vivo”, contou.

A polícia também confirmou que o homem encontrado no hospital psiquiátrico é Abrip. Segundo a mídia local, apesar de sofrer com problemas de saúde mental (não se sabe se eles têm relação com a tsunami) após o desastre, Asep voltou a morar com a sua família e está com boa saúde.


+ Após ameaças, soldada da PM denuncia coronel por assédio sexual
+ ‘Raça de víboras’: Andressa Urach critica seguidores que não acreditam em sua fé
+ “Fama e dinheiro vem cheio de desgraça”, desabafa Pedro Scooby



Veja também

+ Canadá anuncia primeira morte de pessoa vacinada com AstraZeneca no país
+ Yasmin Brunet comemora vitória de Gabriel Medina
+ Decifrado código dos Manuscritos do Mar Morto
+ Receita de panqueca americana com chocolate
+ Receita rápida de panqueca de doce de leite
+ Contran prorroga prazo para renovação da CNH
+ Receita de moqueca de peixe simples e deliciosa
+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Sucuris gigantes são flagradas em expedições de fotógrafos no MS