Brasil

Policiais visitam idosa feita refém após assalto no interior do RJ

Crédito: Divulgação/Polícia Militar do Rio de Janeiro

Na última quarta-feira (5), policiais militares libertaram uma idosa feita refém por um assaltante em Valença, no interior do Rio de Janeiro. Nesta quinta-feira (6), eles visitaram a mulher de 83 anos, entregaram a ela um buquê de flores e, em seguida, foram homenageados no Batalhão da Polícia Militar com uma medalha de destaque profissional. As informações são do UOL.

O roubo cometido por Cristiano Pereira Fabiano, de 24 anos, aconteceu em uma joalheria na cidade do interior fluminense. Ele fugiu por alguns metros após perseguição policial, rendeu a senhora que estava indo até uma farmácia, e ficou 10 minutos com a arma apontada na direção da idosa. A PM disse que o criminoso, mesmo cercado, ameaçava a vítima.

A PM disse que esperou até o momento que Thereza tropeçou e caiu para atirar no criminoso. Ela ficou apenas com um hematoma na mão por conta de uma queda sofrida durante a ação. De acordo com os policiais, ele possuía R$ 50 mil em jóias após o crime cometido.

Na manhã desta quinta-feira, o presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) parabenizou, em suas redes sociais, a tropa pela ação realizada em Valença.