Geral

Policiais recebem pedradas e cadeiradas ao paralisarem festa clandestina

Crédito: Reprodução/Facebook

No último domingo (04), agentes da Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF) foram recebidos com pedradas e cadeiradas durante uma abordagem feita para encerrar uma festa clandestina que acontecia no Distrito Federal.

“Ao chegar no local a equipe se deparou com muita aglomeração e som alto, pessoas fazendo uso de bebidas alcoólicas e muitas crianças na rua. A equipe foi recebida a pedradas e cadeiradas”, informou a PMDF em nota enviada ao UOL.

Através de um vídeo que circula nas redes sociais, é possível ver um grupo de pessoas circulando dentro da casa, que estava com portões fechados. Uma mulher que se encontrava na residência, ao ver que um dos agentes levantava a arma e apontava para dentro do local, gritou: “Aqui tem criança”.

Em seguida, uma cadeira é lançada por um homem que estava no primeiro andar em direção aos policiais, que respondem com um disparo. Na sequência, o homem entrou na casa para se proteger dos tiros.

De acordo com as autoridades, foram usados gás e elastômeros para conter os ataques contra a corporação. Dois homens foram presos durante a ocorrência.


+ Após ameaças, soldada da PM denuncia coronel por assédio sexual
+ ‘Raça de víboras’: Andressa Urach critica seguidores que não acreditam em sua fé
+ “Fama e dinheiro vem cheio de desgraça”, desabafa Pedro Scooby



Veja também

+ Canadá anuncia primeira morte de pessoa vacinada com AstraZeneca no país
+ Yasmin Brunet comemora vitória de Gabriel Medina
+ Decifrado código dos Manuscritos do Mar Morto
+ Receita de panqueca americana com chocolate
+ Receita rápida de panqueca de doce de leite
+ Contran prorroga prazo para renovação da CNH
+ Receita de moqueca de peixe simples e deliciosa
+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Sucuris gigantes são flagradas em expedições de fotógrafos no MS