Geral

Policiais cumprem mandados de prisão contra quadrilha que roubava bancos no RJ

Uma ação coordenada pelo o Ministério Público Federal no Rio de Janeiro (MPF/RJ) com a Polícia Federal (PF) e a Polícia Civil de Paraty e Angra dos Reis (RJ) resultou na deflagração na manhã desta quinta-feira, 13, da segunda fase da “Operação Dillinger – Fase Crepitus”, com o cumprimento de dez mandados judiciais de prisão preventiva.

As medidas cautelares foram decretadas em peça acusatória apresentada pelo MPF à 1ª Vara Criminal Federal do Rio de Janeiro.

A investigação revelou que a organização criminosa possui duas células operando em atividades autônomas, sendo a primeira dedicada à prática de roubos a caixas eletrônicos e a segunda sob forma de associação ao tráfico de entorpecentes e delitos correlatos, além de responsável pela segurança, esconderijo e encobertamento da prática delitiva, com intercessão com o Comando Vermelho e com o Primeiro Comando da Capital (PCC).

Veja também

+ Entenda como a fase crítica da pandemia de Covid-19 pode ter sido superada em SP
+ Ford Ranger supera concorrentes e é líder de vendas
+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Cantora Patricia Marx se assume lésbica aos 46 anos de idade
+ Saiba em quais lugares o contágio pelo novo coronavírus pode ser maior