Mundo

Polícia russa faz megaoperação contra opositores

MOSCOU, 12 SET (ANSA) – A polícia russa realizou nesta quinta-feira (12) uma megaoperação em dezenas de cidades do país contra os colaboradores do opositor Alexei Navalny.   

Em uma mensagem no seu Twitter, Leonid Volkov, um dos principais aliados de Navalny,afirmou que as autoridades tiveram como alvo “os apartamentos de coordenadores e os escritórios da organização, mas também as residências de colaboradores e voluntários” As operações foram realizadas como parte do caso de “lavagem de dinheiro” aberto contra a organização de combate à corrupção criada por Navalny, disse Volkov, acrescentando que a polícia apreendeu diversos equipamentos dos escritórios.   

Ainda segundo Volkov, as operações foram realizadas em mais de 40 cidades e pelo menos mil policiais estavam envolvidos. Já a porta-voz de Navalny, Kira Iarmush, afimou que o caso foi um “roubo e intimidação”.   

Navalny, por sua vez, definiu as operações como uma “histeria” do Kremlin após o fracasso eleitoral do partido do presidente da Rússia, Vladimir Putin, nas eleições municipais de Moscou.   

“Por que tanta histeria? Duas palavras: voto inteligente”, escreveu o opositor de 43 anos.   

O oposiocionista russo ainda declarou que essa foi “a maior operação policial da história moderna da Rússia”.   

As operações das autoridades locais se concentraram principalmente nas cidades de Nijni Novgorod, Vladivostok, Kazan, Ekaterimburgo, Novosibirsk e São Petersburgo.(ANSA)