Geral

Polícia Militar de São Paulo mata uma pessoa a cada 12 horas

Crédito: Reprodução/Facebook

Nesta segunda-feira (26), a Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo (SSP-SP) divulgou que uma pessoa é morta a cada 12 horas no estado de São Paulo. Os números consideram apenas os casos registrados como “morte decorrente de intervenção policial” envolvendo policiais militares em serviço.

Segundo as estatísticas, 560 pessoas morreram após supostamente resistirem à abordagem policial em 2020. Outras 90 pessoas foram mortas após intervenção de policiais militares de folga.

Os números de pessoas mortas por policiais militares nos nove primeiros meses de 2020 é o índice mais alto das divulgações feitas pelo governo paulista desde 1995.

No mês de setembro, 37 pessoas foram mortas por policiais militares fardados, uma vítima a menos do que no mesmo mês do ano passado. Outras 15 pessoas tiveram a vida tirada por agentes fora do horário de serviço, cinco a mais do que em setembro de 2019.

Veja também

+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ 7 hábitos diários de quem atrai relacionamentos longos
+ Ana Maria Braga ensina receita de árvore de creme de avelã
+ Avião faz pouso noturno em rodovia nos Estados Unidos; veja o vídeo
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel