Mundo

Polícia italiana apreende mais de 200 ratos que seriam comidos em ritual da Máfia

Polícia italiana apreende mais de 200 ratos que seriam comidos em ritual da Máfia

Ratos são criados para virar comida na Itália (Foto: Pixabay)


A polícia italiana apreendeu mais de 200 ratos que seriam usados em um ritual de uma máfia local. Três pessoas foram presas. As informações foram divulgadas pelo jornal italiano Corriere della Sera.

O ritual foi descoberto através de escuta. “Quando a polícia ouviu os telefonemas da máfia durante as investigações sobre o narcotráfico, ficou sabendo que depois de disputas entre clãs fazem jantares pacíficos onde comem arganazes”, contou Giovanni Malara, fundador do grupo anti-caça furtiva Gruppo Adorno.

Os arganazes são vistos como iguarias no sul da Itália, mas é proibido comê-los. Mesmo assim a máfia costuma usar o animal em reuniões e rituais.

De acordo com o jornal, os ratos são capturados após o inverno, pois estão sonolentos pela hibernação. É comum que os animais mais jovens sejam criados ilegalmente para crescer e virar alimento.


Saiba mais
+ Modelo brasileiro se casa com nove mulheres e vira notícia internacional
+ Horóscopo: confira a previsão de hoje para seu signo
+ Receita simples e rápida de asinhas de frango com molho picante
+ Conheça o suco que aumenta a longevidade e reduz o colesterol
+ CNH: veja o que você precisa saber para a solicitação e renovação
+ Vídeo de jacaré surfando em Floripa viraliza na internet
+ Vale-alimentação: entenda o que muda com novas regras para benefício
+ Veja quais foram os carros mais roubados em SP em 2021
+ Expedição identifica lula gigante responsável por naufrágio de navio em 2011
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Descoberto na Armênia aqueduto mais oriental do Império Romano
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais