Geral

Polícia identifica suspeitos de matarem estudante no RJ e prende um acusado

Crédito: Reprodução/Redes sociais

Policiais da Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF) identificaram dois suspeitos de participação no assassinato da estudante Marcela de Souza Oliveira, de 26 anos, em Nova Iguaçu. Nesta quarta-feira (5), Moisés Amorim da Silva e conseguiram identificar Nilton Pereira, ainda foragido, como o autor do disparo. As informações são do jornal Extra.

Marcela foi morta com um tiro na nuca no último sábado (1º). Pouco depois do crime, Moisés publicou um anúncio de venda do telefone da jovem em uma página da internet. Policiais acreditam que ela tenha sido vítima de latrocínio – roubo seguido de morte – e os suspeitos a abordaram para roubar o aparelho telefônico.

“Chegamos até o Moisés a partir do celular da vítima. Descobrimos que o aparelho estava sendo usado por uma pessoa que já havia trocado o chip. Esta pessoa que contou ter comprado o aparelho por R$ 200 e apontou o vendedor”, disse o delegado responsável pelo caso ao jornal Extra.

Nilton, suspeito de ter atirado na advogada, está desaparecido. Ele tem sete passagens por roubo, três por homicídio, uma por latrocínio, outra por porte de arma e uma por tráfico. Ele também é suspeito de integrar uma milícia que atua em Queimados (RJ).