Mundo

Polícia francesa investiga mutilações em mais de 150 cavalos no país

Crédito: FAMILY HANDOUT / AFP

A polícia francesa está investigando uma série de mutilações contra cavalos no país. Ao menos desde fevereiro, proprietários desses animais têm relatado ataques que incluem corte da orelha, de órgãos sexuais, dos olhos e outros órgãos dilacerados.

De acordo com o ministro da Agricultura da França, Julien Denormandie, ao menos 153 casos já foram registrados no país. Nesta quarta-feira (9), o governo francês disponibilizou uma equipe formada por 15 pessoas para auxiliar os proprietários que temem ter seus animais atacados.

As autoridades também sugeriram que os criadores instalem câmeras de segurança para que os eventuais criminosos sejam localizados com mais facilidade. Várias fazendas retiraram as placas de identificação ou até fecharam as portas para inibir ataques.

Na segunda-feira (7), um homem chegou a ser detido após a divulgação do retrato falado de um suspeito, mas foi liberado sem acusações formais.

Conforme o ministro, as investigações ainda não esclareceram o real motivo da série de mutilações. Algumas das hipóteses levantadas consideram possíveis rituais satânicos e desafios propostos na internet.

* Com informações da AFP

Veja também

+ Confira 4 dicas para descobrir se o mel é falsificado

+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"

+ MG: Pastor é preso por crime sexual e alega que caiu em tentação

+ App permite testar melhor design de sobrancelhas para você

+ Teve o auxílio emergencial negado? Siga 3 passos para contestar no Dataprev

+ Caixa substitui pausa no financiamento imobiliário por desconto de até 50% na parcela

+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel

+Vídeo mostra puma perseguindo um corredor em trilha nos EUA

+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago

+ 12 razões que podem fazer você menstruar duas vezes no mês

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?

+ Educar é mais importante do que colecionar