O Dia

Polícia encontra celular que pode ser do sequestrador da Ponte

Rio – A Polícia Civil acredita que pode ter encontrado o celular de Willian Augusto da Silva, de 20 anos, que sequestrou um ônibus da linha 2520 (Alcântara x Estácio), na manhã desta terça-feira. De acordo com o G1, o aparelho foi encontrado depois que todas as pessoas envolvidas no caso, dentre elas as 39 vítimas, prestarem depoimento na Delegacia de Homicídios de Niterói e São Gonçalo (DHSGN).
Segundo o portal, no momento em que os pertences de quem estava na DHSGN foram devolvidos, sobrou um celular. Depoimentos prestados na especializada indicaram que o aparelho tem as mesmas características do telefone que estava com Matheus. Ele está bloqueado e os agentes vão tentar acessar os dados armazenados nele.
Procurada pelo DIA sobre o aparelho, a Polícia Civil, no entanto, se limitou a dizer que “não há atualização a respeito do caso”.
INVESTIGAÇÕES
A investigação do sequestro estão sob a responsabilidade da Delegacia de Homicídios da Capital (DHC). A Polícia Civil disse que a arma de brinquedo, o aparelho de choque e outros objetos que estavam com Matheus ainda vão passar por perícia.
A secretaria não descarta totalmente a hipótese de que Willian tenha tido comparsas para praticar o crime, embora acredite ser mais provável que ele tenha agido sozinho.

Os policiais querem saber se o sequestrador tramou o crime pela Internet, já que foram identificados contatos suspeitos dele na Web. Uma das hipóteses é que ele tenha planejado o ataque recebendo instruções de redes sociais e da deep web (o submundo da internet).

Willian foi morto por disparos feitos por atiradores de elite da Polícia Militar, depois de manter mais de 30 reféns em um ônibus da linha 2520 (Alcântara x Estácio) da viação Galo Branco, na Ponte. O sequestro começou com 39 pessoas mantidas no veículo e ao longo de cerca de 3h30, seis delas foram liberadas.
https://odia.ig.com.br/rio-de-janeiro/2019/08/5674357-policia-encontra-celular-que-pode-ser-do-sequestrador-da-ponte.html