Brasil

Polícia do Rio prende traficante italiano Luiggi Ferrara


SÃO PAULO, 19 OUT (ANSA) – A Polícia Civil do Rio de Janeiro prendeu na noite desta segunda-feira (18) o traficante italiano Luiggi Ferrara, 52 anos, em Copacabana, em uma ação conjunta com autoridades da França.   

O criminoso é acusado de ser líder de uma quadrilha que atua no tráfico internacional de drogas, enviando entorpecentes para o país europeu.   

Além de Luiggi, os policiais brasileiros também prenderam dois irmãos dele, Claudio e Diego, que faziam parte da quadrilha.   

Ainda conforme os agentes, o traficante estava em posse de um passaporte italiano com o nome de Luigi Dante Matarazo.   

O Ministério Público do Rio de Janeiro denunciou, em 2008, os três italianos, mais dois brasileiros e três colombianos por tráfico internacional. Por isso, havia um mandado de prisão preventiva em aberto expedido pela 10ª Vara Criminal Federal do estado. O grupo ainda era procurado pela Interpol.   

A acusação aponta que os criminosos importavam drogas de outros países sul-americanos e as despachavam para a França. De lá, os entorpecentes iam para outras nações europeias. (ANSA).   


Saiba mais
+ Modelo brasileiro se casa com nove mulheres e vira notícia internacional
+ Horóscopo: confira a previsão de hoje para seu signo
+ Receita simples e rápida de asinhas de frango com molho picante
+ Conheça o suco que aumenta a longevidade e reduz o colesterol
+ CNH: veja o que você precisa saber para a solicitação e renovação
+ Vídeo de jacaré surfando em Floripa viraliza na internet
+ Vale-alimentação: entenda o que muda com novas regras para benefício
+ Veja quais foram os carros mais roubados em SP em 2021
+ Expedição identifica lula gigante responsável por naufrágio de navio em 2011
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Descoberto na Armênia aqueduto mais oriental do Império Romano
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais