Geral

Polícia de São Paulo prende suspeito de atear fogo em morador de rua

Crédito: Reprodução/ TV Globo

Carlos Roberto Vieira da Silva, morador de rua que morreu após ser queimado (Crédito: Reprodução/ TV Globo)

A Polícia Civil de São Paulo deteve, na madrugada desta quarta-feira (8), o suspeito de assassinar Carlos Roberto Vieira da Silva, de 39 anos. Ele teve prisão temporária decretada pela Justiça. O homem é acusado de atear fogo à vítima, que estava em situação de rua e dormia no momento do ataque, na noite de domingo (5).

A ocorrência foi registrada na rua Celso de Azevedo Marques, na Mooca, zona leste da capital paulista. A vítima foi atendida ainda com vida, pelo Corpo de Bombeiros Militar. Os socorristas encaminharam-na ao Hospital Municipal Doutor Carmino Caricchio, unidade situada no Tatuapé, a cerca de oito quilômetros do local, mas não resistiu aos ferimentos. Um inquérito foi aberto pelo 18º Distrito Policial, que apura o caso também mediante imagens capturadas por câmeras de segurança instaladas na região.

Veja também

+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel