Comportamento

Polícia de Hong Kong investiga vaia ao hino chinês durante Jogos de Tóquio

Polícia de Hong Kong investiga vaia ao hino chinês durante Jogos de Tóquio

Cidadãos de Hong Kong vaiam o hino nacional chinês durante a cerimônia de entrega da medalha de Edgar Cheung nos Jogos Olímpicos de Tóquio - AFP


A polícia de Hong Kong informou que está investigando as vaias ao hino nacional chinês e os cantos que não permitiram que fosse ouvido durante a transmissão dos Jogos Olímpicos de Tóquio em um centro comercial.

Hong Kong tem seu melhor desempenho em Jogos Olímpicos com a conquista da medalha de ouro na esgrima por Edgar Cheung e as duas prata na natação de Siobhan Haughey.

Mas o sucesso esportivo coincide com tempos difíceis para a ex-colônia britânica que foi reintegrada à China em 1997. A potência asiática colocou em prática uma violenta repressão aos dissidentes políticos em resposta às gigantescas e muitas vezes violentas manifestações pró-democracia de dois anos atrás.

Centenas de torcedores se reuniram em um centro comercial na noite de segunda-feira para assistir à vitória de Cheung.

Na cerimônia da medalha, alguns torcedores vaiaram o hino nacional chinês e gritaram “Somos Hong Kong”, o que foi transmitido pela televisão.

“Somos Hong Kong” é uma canção comumente cantada pelos torcedores de futebol de Hong Kong, muitos dos quais se identificam com a cultura cantonesa em oposição ao mandarim falado na China continental.

As autoridades de Hong Kong promulgaram novas leis no ano passado proibindo qualquer insulto ao hino nacional e à bandeira chinesa.

Na sexta-feira, a polícia confirmou que está investigando se os cidadãos de Hong Kong violaram a lei.

“A polícia iniciou uma investigação sobre o incidente e está reunindo evidências relevantes”, declarou um porta-voz à AFP.

Veja também
+ Corpo de Gabby Petito é encontrado, diz site; legista afirma que foi homicídio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Instituto Gabriel Medina fecha portas em Maresias
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Passageira agride e arranca dois dentes de aeromoça
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio