Geral

Polícia confirma que restos mortais encontrados no prédio são de gêmeos


As ossadas de duas crianças encontradas nos escombros do edifício Wilton Paes de Almeida, no centro de São Paulo, nesta quarta-feira, 9, são dos gêmeos Wendel e Werner da Silva Saldanha, de 10 anos. Eles estavam na lista oficial de desaparecidos divulgada pelo Corpo de Bombeiros.

A mãe dos irmãos, Selma Almeida da Silva, e mais três pessoas continuam desaparecidas.

A confirmação é do Núcleo de Biologia e Bioquímica do Instituto de Criminalística, divulgada pela Secretaria da Segurança Pública (SSP) no início da tarde deste sábado, 12.

Segundo o órgão, o DNA recolhido dos remanescentes humanos de duas crianças encontrados apresentou vínculo genético com o material fornecido pela família dos gêmeos. Além deles, já foram identificados Ricardo Oliveira Galvão Pinheiro e Francisco Lemos Dantas.