Mundo

Polícia argentina investiga morte de brasileira em elevador e não descarta crime

Crédito: Reprodução/ redes sociais

A polícia da Argentina está investigando a morte da brasileira Ana Karolina Lara Ferreira Fernandez, de 22 anos, em Buenos Aires no último dia 4. A jovem foi encontrada sem vida em um poço de elevador. As informações são do Uol.

“Neste momento não descartamos nenhuma hipótese: desde um acidente em decorrência de uma falha na porta do elevador, até um ato criminoso. Estamos em plena etapa de investigação”, declarou uma fonte ligada ao caso à agência de notícias argentina Telám.

Conforme a polícia, na noite do acidente, Ana Karolina estava com outras duas pessoas em um apartamento do 13º andar. Um era morador do prédio e o outro era o tenista Juan Ignacio Ameal, namorado da jovem.

+ “Filho é um inferno e atrapalha”, diz Fábio Porchat sobre não querer ser pai

De acordo com o depoimento dos rapazes, os três estavam bebendo juntos até o momento em que Ana Karolina teria adormecido e eles a deixaram sozinha, indo para outro cômodo da casa. Logo depois, segundo eles, ambos retornaram para o local onde a estudante dormia e não a encontraram. Em seguida, viram que a porta de saída, que dá diretamente ao elevador, estava aberta.

“Nós queremos saber se a garota decidiu deixar o apartamento de forma voluntária ou se quis fugir de alguma situação. Tudo está sendo analisado ainda e, por isso, a classificação é de morte duvidosa”, acrescentou fonte à Telám.

Ainda segundo a polícia, no apartamento foram encontrados resquícios do que poderia ser de uma droga chamada 2C-B, conhecida como “cocaína rosa”. O juiz do caso também quer ouvir o técnico responsável pela revisão periódica do elevador do prédio para confirmar a falha que teria levado ao acidente.

+ Polícia aborda ambulância com sirene ligada e descobre 1,5 tonelada de maconha

O corpo de Ana Karolina segue na Argentina esperando a liberação da justiça para que seja transladado à Chapadão do Céu (GO), onde vive a família da jovem. Em nota ao Uol, o Consulado Brasileiro na Argentina diz que ” segue acompanhando a causa e prestando todo auxílio cabível à família”.

Veja também

+ A incrível história do judeu que trabalhou para os nazistas na Grécia

+ Teve o auxílio emergencial negado? Siga 3 passos para contestar no Dataprev

+ Caixa substitui pausa no financiamento imobiliário por desconto de até 50% na parcela

+ Novo Código de Trânsito é aprovado; veja o que mudou

+Jovem é atropelado 2 vezes ao tentar separar briga de casal em Londrina; veja o vídeo

+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel

+Vídeo mostra puma perseguindo um corredor em trilha nos EUA

+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago

+ 12 razões que podem fazer você menstruar duas vezes no mês

+ Por que não consigo emagrecer? 7 possíveis razões

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?

+ Educar é mais importante do que colecionar

+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea