Brasil

Polícia apreende 117 fuzis M-16 na casa de amigo do suspeito de atirar em Marielle

Crédito: Divulgação

A Divisão de Homicídios (DH) da Polícia Civil do Rio de Janeiro encontrou e apreendeu nesta terça-feira (12) 117 fuzis incompletos, do tipo M-16, na casa de um amigo do policial militar Ronnie Lessa, um dos suspeitos de atirar na vereadora Marielle Franco, assassinada em 2018, de acordo com informações do G1.

Segundo a reportagem, todas as armas encontradas estavam desmontadas, faltando apenas os canos, em caixas em um guarda-roupas.

O G1 informou ainda que está é a maior apreensão de fuzis da história do Rio de Janeiro, superando a feita no aeroporto Internacional do Rio em 2007 em que foram encontradas 60 armas vindas dos EUA dentro de aquecedores de piscinas.

Os agentes também encontraram R$ 112 mil na operação, sendo R$ 50 mil na casa dos pais de Ronnie e R$ 60 mil em seu carro.


+ MS: Homem que revelou amante pouco antes de ser intubado deixa UTI-covid
+ Ratinho critica Dudu Camargo: ‘Só o Silvio gosta dele’



Veja também

+ Receita de bolinho de costela com cachaça
+ Descoberta no deserto do Kalahari leva a revisão da origem humana
+ Receita de panqueca americana com chocolate
+ Receita rápida de panqueca de doce de leite
+ Contran prorroga prazo para renovação da CNH
+ Vídeo: o passo a passo de como fazer ovo de Páscoa
+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Sucuris gigantes são flagradas em expedições de fotógrafos no MS

Tópicos

fuzis Marielle