Comportamento

Polícia anuncia detenção de japonês que recebeu US$ 360.000 por engano de benefício

Polícia anuncia detenção de japonês que recebeu US$ 360.000 por engano de benefício

Cédulas de 10.000 ienes - AFP/Arquivos

Um japonês que recebeu por engano 360.000 dólares de um benefício social concedido pela covid-19 foi detido depois de afirmar que gastou o dinheiro em aposta, informou a polícia.

O homem de 34 anos foi detido por “suspeita de violar as leis contra a fraude cibernética”, afirmou o chefe de polícia de Yamaguchi, no oeste do Japão.

Ele afirmou à polícia que gastou o dinheiro em cassinos on-line e as autoridades suspeitam que transferiu parte do dinheiro para outra conta bancária sabendo que havia recebido por engano.

As autoridades locais tentaram recuperar o dinheiro, mas o homem afirmou que o devolveria “pouco a pouco”.

O erro das autoridades da localidade remota de Abu provocou irritação no país, onde vários programas de televisão debateram a situação financeira do agora detido.

Ele recebeu os 46,3 milhões de ienes por engano em abril de funcionários responsáveis por repassar o dinheiro a moradores de baixa renda afetados pela pandemia.

Quando as visitas, telefonemas e cartas não o convenceram a devolver o dinheiro, as autoridades recorreram à justiça para recuperar o dinheiro.

O prefeito de Abu, Norihiko Hanada, disse que a prisão representa um “passo para a verdade”.

“Não acredito de nenhuma maneira (que gastou tudo) e considero possível (que reste dinheiro) em algum lugar”, acrescentou.