Ediçao Da Semana

Nº 2742 - 12/08/22 Leia mais

Os brasileiros ficaram fora dos pódios masculino e feminino na segunda etapa da Copa do Mundo de Maratonas Aquáticas, disputada neste sábado em Abu Dhabi, nos Emirados Árabes Unidos. Entre os homens, a vitória foi do britânico Jack Burnell, enquanto que entre as mulheres venceu a francesa Aurélie Muller.

Muller foi a atleta eliminada nos Jogos do Rio que permitiu a Poliana Okimoto ganhar o bronze olímpico no ano passado. Neste sábado, a brasileira ficou apenas na 24.ª colocação, enquanto Ana Marcela Cunha completou em 12.º, também muito distante do que está acostumada. O pódio em Abu Dhabi ainda teve a holandesa Sharon Van Rouwendaal, atual campeã olímpica, e a italiana Arianna Bridi.

No masculino, Jack Burnell também deu a volta por cima depois de ser desclassificado da prova olímpica. O holandês Ferry Weertman ganhou a prata e o francês David Aubry ficou com o bronze. Allan do Carmo foi o 17.º colocado. Outro nome importante das maratonas aquáticas no Brasil, Samuel de Bona anunciou sua aposentadoria no último dia 1º.º.

A etapa de Abu Dhabi é a segunda mais importante da temporada, só menos prestigiada que a de Hong Kong, que decide o título do circuito. A maior parte dos melhores maratonistas aquáticos do mundo esteve na prova deste sábado, que paga US$ 7 mil ao campeão.

A primeira etapa da Copa do Mundo havia sido disputada em fevereiro, em Viedma, na Argentina, onde Poliana ganhou a prata. Lá, Ana Marcela foi quinta colocada, enquanto Allan chegou em sexto. Outras quatro etapas serão realizadas antes da decisão em Hong Kong, sendo a próxima delas em Setubal, em Portugal, em junho.