Geral

PMs são presos por sequestro e tortura de apresentador da Record em Roraima

Crédito: Reprodução/Instagram

Seis homens foram presos nesta quinta-feira (16) por suspeita de participação no sequestro e tortura do jornalista Romano dos Anjos, apresentador atualmente afastado do programa policial “Mete Bronca”, na TV Imperial, afiliada da Record em Roraima. As informações são do UOL.

Romano foi surpreendido por criminosos armados em sua própria casa, em 26 de outubro de 2020. Ele foi feito refém e levado para um local desconhecido, onde foi agredido a teve um dos braços fraturado.

O jornalista foi encontrado apenas no dia seguinte, às margens da BR-174, na zona rural de Boa Vista, após ter sido visto por um caminhoneiro, que o encontrou com os pés e as mãos amarrados.

Ainda segundo o UOL, à época, o apresentador disse que o crime teria sido motivado por conta das denúncias policiais e políticas em seu programa.

Em uma coletiva nesta quinta, Romano disse estar mais tranquilo com as prisões e que confia ja Justiça para a solução do caso.

Cinco dos investigados são policiais militares, incluindo um coronel da reserva, e todos são ex-funcionários do deputado estadual Jalser Renier (Solidariedade-RR). Um PM ainda segue foragido.

Saiba mais
+ Mãe de Medina compara Yasmin Brunet a ‘atriz pornô’ e colunista divulga conversa
+ Chamada de atriz pornô, Yasmin Brunet irá processar mãe de Gabriel Medina
+ Mulher divide marido com mãe e irmã mais nova: ‘Quando não estou no clima’
+ Em pose sexy, Cleo Pires afirma: "Amando essa minha bunda grande"
+ Médicos encontram pedaço de cimento em coração de paciente durante cirurgia
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Passageira agride e arranca dois dentes de aeromoça
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio