Economia

PMI composto da zona do euro sobe a 50,2 em outubro, mas fica abaixo do esperado

O índice de gerentes de compras (PMI, na sigla em inglês) composto da zona do euro, que engloba os setores industrial e de serviços, subiu marginalmente de setembro para outubro, de 50,1 a 50,2, permanecendo bem próximo da marca de 50 que indica estagnação da atividade econômica, segundo dados preliminares divulgados hoje pela IHS Markit. Analistas consultados pelo The Wall Street Journal previam alta um pouco maior do PMI composto do bloco, a 50,3.

Apenas o PMI industrial da zona do euro ficou em 45,7 em outubro, no mesmo nível de setembro, frustrando projeção do mercado, que era de avanço a 46. A leitura abaixo de 50 indica que o setor manufatureiro da região permanece em contração.

Já o PMI de serviços do bloco aumentou de 51,6 em setembro para 51,8 em outubro, mas a previsão de analistas era de avanço a 51,9.

Veja também

+ Paçoquita lança versão sorvete de massa
+ Cartucho de videogame do Super Mario Bros. é leiloado por US$ 114 mil e quebra recorde
+ Hackers brasileiros roubaram dados de clientes em 12 bancos
+ Jovem pede delivery e encontra dedo humano em esfirra
+ Usado: Toyota Corolla é carro para ficar longe da oficina
+ Veja 7 incríveis casas na natureza para sonhar
+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Saiba em quais lugares o contágio pelo novo coronavírus pode ser maior

Tópicos

Europa PMI