Economia

PMI composto da zona do euro recua a 54,9 em maio e fica abaixo do esperado

O índice de gerentes de compras (PMI, na sigla em inglês) composto da zona do euro, que engloba os setores industrial e de serviços, caiu de 55,8 em abril para 54,9 em maio, segundo dados preliminares divulgados nesta terça-feira pela S&P Global.

Apesar da queda, a leitura acima da marca de 50 mostra que a atividade do bloco segue se expandindo neste mês, ainda que em ritmo mais contido. A prévia de maio, no entanto, ficou ligeiramente abaixo da expectativa de analistas consultados pelo Wall Street Journal, que previam declínio do PMI composto a 55.


Apenas o PMI industrial da zona do euro recuou de 55,5 para 54,4 no mesmo período, tocando o menor patamar em 18 meses. Neste caso, o consenso do mercado era de redução a 54,6. Já o PMI de serviços do bloco diminuiu de 57,7 em abril para 56,3 em maio. A projeção de analistas era de leve baixa, a 57,5.