Esportes

Pliskova tem trabalho na estreia, mas vence egípcia e avança em Roland Garros

Atual número 4 do ranking da WTA e segunda maior favorita ao título, a checa Karolina Pliskova teve trabalho nesta terça-feira em sua estreia em Roland Garros, que está sendo disputado em Paris, na França. Ela precisou de 2 horas e 15 minutos para superar de virada a egípcia Mayar Sherif, 172.ª colocada e primeira do país africano a jogar uma chave principal de Grand Slam, por 2 sets a 1 – com parciais de 6/7 (9/11), 6/2 e 6/4.

O próximo desafio de Pliskova promete ser ainda mais duro, uma vez que ela cruzará contra a campeã de 2017, a letã Jelena Ostapenko, que deu sinais de força em sua primeira partida na edição deste ano ao passar sem sustos pela americana Madison Brengle por 2 sets a 0 – com parciais de 6/2 e 6/1, em 1 hora e 2 minutos.

Pliskova e Ostapenko, hoje a número 43 do mundo, já se enfrentaram cinco vezes no circuito profissional, com três vitórias da checa e duas da letã, que embora já tenha um título de Roland Garros no currículo levou a pior na única vez que se cruzaram no saibro – foi em Stuttgart, em 2018.

Cabeça de chave número 4, a americana Sofia Kenin foi outra que sofreu na sua estreia. A atual sexta colocada do ranking derrotou a russa Liudmila Samsonova por 2 sets a 1 – com parciais de 6/4, 3/6 e 6/3 – e agora terá pela frente a romena Ana Bogdan, que ganhou da búlgara Timea Babos por 6/4 e 6/2.

OUTROS JOGOS – Uma das principais surpresas no US Open – foi semifinalista no Grand Slam em Nova York -, a americana Jennifer Brady não conseguiu nem de perto repetir o desempenho no saibro francês. A atual número 25 do mundo foi derrotada logo na estreia pela dinamarquesa Clara Tauson, de apenas 17 anos e vinda do qualifying, por 2 sets a 1 – parciais de 6/4, 3/6 e 9/7.

Após eliminar a cabeça de chave 21, Tauson enfrentará mais uma americana. Desta vez será Danielle Collins, que conseguiu uma virada sobre a romena Monica Niculescu, outra jogadora vinda do qualifying, com o placar final de 2/6, 6/2 e 6/1.

Outras tenistas que venceram nesta terça-feira e avançaram à segunda rodada foram a casaque Elena Rybakina (cabeça 14), a japonesa Nao Hibino, a belga Alison van Uytvanck e a alemã Laura Siegemund.

Veja também

+ Grave acidente do “Cake Boss” é tema de reportagem especial

+ Pudim japonês não tem leite condensado; aprenda a fazer

+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"

+ MG: Pastor é preso por crime sexual e alega que caiu em tentação

+ Teve o auxílio emergencial negado? Siga 3 passos para contestar no Dataprev

+ Caixa substitui pausa no financiamento imobiliário por desconto de até 50% na parcela

+ Educar é mais importante do que colecionar

+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel

+ Receita fácil de pão sírio de micro-ondas da Ana Maria Braga

+ 12 razões que podem fazer você menstruar duas vezes no mês

+ Mulher sobe de salto alto montanha de 4 mil metros

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?

+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago