Esportes

Pinheiros domina o Brasil Open de polo aquático

Equipe masculina venceu a final contra o SESI-SP e levou o título inédito da competição sob a chancela da Liga PAB. Pinheiros levou no feminino também

Pinheiros domina o Brasil Open de polo aquático

O time masculino do Pinheiros conquistou o título inédito do Brasil Open de Polo Aquático 2020 neste domingo (22), na Arena ABDA, em Bauru (SP). A equipe de Roberto Chiappini fez seu melhor jogo na competição chancelada pela Liga Brasileira de Polo Aquático (PAB) e derrotou o até então invicto SESI-SP por 9 a 6. A medalha de bronze ficou com o Fluminense que bateu o rival Flamengo por 13 a 10.

O campeonato foi o primeiro depois da paralisação das atividades em função da COVID-19. A organização seguiu todos os protocolos de saúde como o a testagem dos atletas e staff antes do início da competição, o uso de máscaras e higienização dos ambientes.

A partida decisiva, que marcou a revanche da final de 2019, começou com domínio do Pinheiros, que chegou a abrir 4 a 1 no marcador. Mas o SESI-SP conseguiu igualar o marcador antes do apito final do segundo quarto.

Na volta do intervalo só deu Pinheiros, que apostou no conjunto para abrir três gols de vantagem e fechar o placar por 9 a 6.

– Muito importante para o grupo e para o time voltar ter um título e ser campeão! Isso é uma sensação único e um trabalho de toda comissão técnica! Não apenas de um jogador ou outro. Isso mostra o dia-a-dia, que não somos uma equipe de um ou dois jogadores, mas um time! – disse Gustavo Grummy, do ECP.

– É importante para o clube ter uma garotada subindo e estou muito feliz e fazer parte dessa equipe! Agora é comemorar! Ganhar do SESI, que venceu a gente na fase de grupo é muito gostoso. Mas o importante é sair com o título.

O Pinheiros também faturou o título do feminino ao bater a ABDA na noite deste sábado (21) e levar o tricampeonato do evento. O Brasil Open 2020 teve ao todo nove equipes no masculino e cinco no feminino.

– Foi um grande campeonato do ponto de vista técnico, mesmo com todos os problemas para treinamento que tivemos. Saímos com o dever cumprido e bastante contentes pelos resultados e por ter entregue essa competição com todos os protocolos. Fomos corados com uma grande final – disse Alessandro Moscal Checchinato, presidente da PAB.

Bronze ‘tricolor’

Na disputa pela medalha de bronze, Flamengo e Fluminense se enfrentaram em um jogo cheio de rivalidade. Melhor para o Flu que venceu a partida pelo placar de 13 a 10. Andre Raposo, técnico do Fluminense, comentou sobre a evolução do time ao longo da competição e sobre o jogo valendo a terceira colocação.

– A equipe veio numa crescente no campeonato. Não começamos bem, mas ao longo do evento melhoramos. Nossa grande partida foi na semifinal contra o Sesi-SP. A gente se desconcentrou e perdeu. Hoje na disputa do bronze soubemos neutralizar o Flamengo, que veio com um polo aquático moderno para esse campeonato – contou Andre Raposo.

O artilheiro e MVP do campeonato foi o atleta olímpico Bernardo Gomes, do Fluminense. O jogador marcou 22 gols ao todo.

O último dia de Brasil Open masculino 2020 começou com a vitória do C.A. Paulistano. O time da capital paulista venceu a Sociedade Hípica de Bauru por 14 a 11 e terminou na sétima colocação. O jovem time de Bauru jogou pela primeira vez um campeonato adulto.

– Gostei muito do campeonato, esperava muito menos já que éramos um time mais novo, foram ótimos os jogos, foram jogos difíceis, mas gostamos muito do desempenho do time, o técnico foi muito bem na escalação, nossa preparação foi muito boa. Agradecemos toda a comissão da PAB – disse Ryan, da Hípica de Bauru.

Logo em seguida, no jogo que definiu o quinto colocado, o Paineiras venceu os donos da casa, a ABDA Bauru, com apenas um gol de diferença. O jogo terminou com o placar de 9 a 8.

Todas as partidas tiveram transmissão da TV ABDA e Facebook da PAB. As partidas decisivas foram transmitidas pela TVN Sports.

A competição reuniu nove equipes masculinas: Tijuca Tênis Clube, Sociedade Hípica de Bauru, Club Athletico Paulistano, ABDA de Bauru, Clube Paineiras do Morumby, Clube de Regatas do Flamengo, Esporte Clube Pinheiros, Fluminense Football Club e SESI SP.

No feminino foram cinco equipes: Pinheiros (campeão), ABDA Bauru, Flamengo, SESI-SP e Tijuca Tênis Clube.

Classificação:

1º – Esporte Clube Pinheiros

2º – SESI SP

3º – Fluminense Football Club

4º – Clube de Regatas Flamengo

5º -Clube Paineiras do Morumby

6º- ABDA Bauru

7º- Club Athletico Paulistano

8º- Sociedade Hípica de Bauru

9º – Tijuca Tênis Clube

Veja também

+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Cirurgia íntima: quanto custa e como funciona
+ MasterChef: Fogaça compara prato com comida de cachorro
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel