Economia

PIB da Argentina cai 5,4% no 1º trimestre na comparação anual

O Produto Interno Bruto (PIB) da Argentina registrou queda de 5,4% no primeiro trimestre, na comparação com igual período do ano passado. Além disso, o PIB caiu 4,8% em relação ao quarto trimestre de 2019, na série sem ajustes sazonais, informou nesta terça-feira, 23, o Instituto Nacional de Estatística e Censos (Indec).

Em seu relatório, o Indec explica que a estimativa para a atividade nacional no primeiro trimestre incluiu ajustes por causa da pandemia da covid-19, seguindo as diretrizes internacionais sobre o tema.

O Indec detalha esses ajustes em nota metodológica no próprio documento, disponível em seu site.

Entre os setores, houve queda de 6,6% no consumo privado, na comparação anual, e de 0,7% no consumo público.

No caso da formação bruta de capital fixo, a queda é ainda mais acentuada, de 18,3% ante o primeiro trimestre de 2019, diz o Indec, enquanto as exportações recuaram 4,7% na mesma comparação e as importações caíram 16,0%.

Veja também

+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ MasterChef: Fogaça compara prato com comida de cachorro
+ Cirurgia íntima: quanto custa e como funciona
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Baleia jubarte quase engole duas mulheres em caiaque; veja o vídeo
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel