Geral

PI: Mãe e padrasto são presos suspeitos de estupro contra adolescente de 13 anos

Crédito: Pixabay

Imagem ilustrativa (Crédito: Pixabay)

Na quarta-feira (19), a mãe e o padrasto de uma adolescente, de 13 anos, foram presos por serem suspeitos de estupro de vulnerável. Segundo a Polícia Civil, a garota engravidou, em 2020, após o abuso. O caso ocorreu em Joaquim Pires, Piauí. As informações são do G1.

O delegado Antônio Alves informou que há indícios de que o padrasto, de 62 anos, tenha engravidado a enteada. E que a mãe, de 38, tinha conhecimento do crime cometido.


“Acreditamos que a mãe omitiu o crime, porque inicialmente ela disse que a paternidade do bebê era de outro homem, mas o teste de DNA mostrou que esse homem não era o pai”, disse o delegado.

A história veio à tona após uma testemunha realizar uma notícia-crime anônima.

Segundo o delegado, a mãe e o padrasto tentaram dificultar as investigações e até mudaram de cidade.

“Nesses casos, quando há indicação de omissão do responsável legal do menor de 14 anos, a legislação permite a responsabilização. Ao final do procedimento, muito provavelmente, a mãe será indiciada também pelo crime de estrupo, na modalidade omissão imprópria. Já que ela, no papel de responsável legal, tem o dever de zelo, guarda e proteção da filha.”

Após o casal ter sido apreendido temporariamente, a adolescente e sua filha, de sete meses, foram entregues para familiares.