Mundo

Pfizer apresenta hoje pedido de uso emergencial de vacina nos EUA

Pfizer apresenta hoje pedido de uso emergencial de vacina nos EUA

Moderna e Pfizer anunciaram progressos nos testes das vacinas contra a covid-19 nos últimos dias - AFP

Um pedido de aprovação de emergência da vacina para covid-19 desenvolvida pela parceria Pfizer/BioNTech deve ser apresentada nos Estados Unidos nesta sexta-feira, anunciou o governo americano nesta quinta-feira (20).

“A BioNTech, parceira da Pfizer, anunciou que pretende enviar um pedido de aprovação emergencial” de sua vacina amanhã (sexta-feira) para a agência reguladora de medicamentos dos Estados Unidos (FDA, na sigla em inglês)”, revelou o secretário de Saúde dos EUA, Alex Azar, em entrevista coletiva na Casa Branca.

Mais cedo, o co-fundador da BioNTech, Ugur Sahin, disse à AFP em uma entrevista concedida pelo Zoom: “Os documentos serão finalizados hoje (quinta-feira) e amanhã e submetidos ao FDA.”

O CEO da Pfizer havia revelado na terça-feira que um pedido de autorização seria apresentado nos Estados Unidos muito em breve.

A gigante farmacêutica norte-americana Pfizer e a BioNTech, uma pequena empresa alemã de biotecnologia, anunciaram na quarta-feira que sua vacina comprovou-se 95% eficaz na prevenção da covid-19, de acordo com os resultados completos de seu ensaio clínico em larga escala.

O secretário Azar acrescentou que o governo dos Estados Unidos “espera” que a Moderna, empresa americana que também compete para desenvolver e distribuir uma vacina contra a covid-19, “em breve” envie seu pedido para aprovação.

Uma autorização de emergência é uma autorização temporária ou condicional concedida para responder a uma situação de emergência, como uma pandemia. Pode ser revogada ou modificada se surgirem novos dados sobre a eficácia ou segurança da substância.

Por sua vez, o FDA não informou quanto tempo levaria para revisar os dados de eficácia e segurança da vacina, os dois principais critérios.

Moncef Slaoui, o cientista-chefe nomeado pelo presidente Donald Trump para liderar a operação de vacinação da população americana, disse na segunda-feira que o sinal verde provavelmente será dado em dezembro.

Veja também

+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ MasterChef: Fogaça compara prato com comida de cachorro
+ 10 coisas que os pais fazem em público que envergonham os filhos
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Veja os carros mais vendidos em outubro
+ Baleia jubarte quase engole duas mulheres em caiaque; veja o vídeo
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel