Brasil

PF mira auditores aliados de Cabral que movimentaram ‘altas quantias’ no exterior


A Polícia Federal (PF) desencadeou na manhã desta quarta, 17, a Operação Recorrência, mais um desdobramento da Operação Câmbio Desligo, para investigar dois auditores da receita estadual do Rio que integravam um braço na Secretaria de Fazenda da organização criminosa chefiada pelo ex-governador Sérgio Cabral.

Agentes cumprem dois mandados de busca e apreensão e dois mandados de prisão temporária, sendo um deles na Barra da Tijuca e o outro em São José dos Campos, no interior paulista. As ordens foram expedidas pela 7ª Vara Criminal Federal do Rio de Janeiro

Segundo a PF, por meio de informações de um sistema de operações de câmbio ilegais, revelado por colaboradores, foi possível identificar movimentação de altas quantias pertencentes aos auditores da receita estadual do Rio de Janeiro.

Veja também
+ Nicole Bahls já havia sido alertada sobre infidelidade do ex-marido
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Chef playmate cria receita afrodisíaca para o Dia do Orgasmo
+ ‘Transo 15 vezes na semana’, diz Eduardo Costa ao revelar tratamento por vício em sexo
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Mercedes-Benz Sprinter ganha versão motorhome
+ Veja fotos de Karoline Lima, novo affair de Neymar
+ Anorexia, um transtorno alimentar que pode levar à morte
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago