Geral

PF faz ação contra fraudes previdenciárias no Rio de Janeiro


A Polícia Federal (PF) cumpre hoje (1º) quatro mandados de prisão preventiva e oito de busca e apreensão contra acusados de fraudes previdenciárias em duas operações simultâneas. A Operação Falsum Identiatis tem mandados cumpridos na cidade do Rio e investiga um grupo criminoso especializado na falsificação de documentos de identidade para obtenção de benefícios indevidos.

Já a Operação Patronos investiga a possível participação de advogados e despachantes na obtenção de pensões fraudulentas no Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). O esquema funciona por meio da falsificação de documentos que simulam um vínculo conjugal entre pessoas falecidas e os beneficiados pelas fraudes. Os mandados estão sendo cumpridos nas cidades de Nova Iguaçu e Belford Roxo, na Baixada Fluminense, além do município do Rio.

Segundo a PF, a desarticulação dos grupos criminosos evitou um prejuízo de R$ 20 milhões aos cofres públicos. As operações contam com apoio do Núcleo Estadual da Coordenação Geral de Inteligência Previdenciária e Trabalhista no Estado do Rio de Janeiro, órgão vinculado ao Ministério do Trabalho e Previdência.


Saiba mais
+ IPVA 2022 SP: veja como consultar e pagar o imposto
+ Um gêmeo se tornou vegano, o outro comeu carne. Confira o resultado
+ Reencarnação na história: uma crença antiquíssima
+ SP: Homem morre em pé, encostado em carro, e cena assusta moradores no litoral
+ Andressa Urach pede dinheiro na internet: ‘Me ajudem a pagar a fatura do meu cartão’
+ O que se sabe sobre a flurona?
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Horóscopo: confira a previsão de hoje para seu signo
+ Veja quais foram os carros mais roubados em SP em 2021
+ Expedição identifica lula gigante responsável por naufrágio de navio em 2011
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua