Geral

PF deflagra Operação contra aplicadores do Enem

A Polícia Federal deflagrou neste sábado, 9, a Operação Thoth para recolher provas de suspeita de fraudes e atos irregulares durante a aplicação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) no último domingo, 3.

+ Mourão, sobre ser vice de Bolsonaro em 2022: ‘Estou trabalhando para isso’

Foram cumpridos dois mandados de busca e apreensão nas residências de aplicadoras do teste suspeitas de fraudar o primeiro dia de provas. Os celulares das suspeitas foram levados para perícias. Os mandados foram expedidos pela 12ª Vara Federal de Fortaleza.

Em nota, a Polícia Federal informa que continua atuando em parceria com o Inep para apurar fraudes semelhante na Bahia e no Rio de Janeiro.

No último domingo, alunos responderam perguntas de Linguagens e Ciências Humanas, além de redigirem uma redação dissertativa sobre a democratização do acesso ao cinema no Brasil.

O segundo dia de provas será realizado neste domingo, 10, em todo o País.

Veja também

+ Ford anuncia local e investimento de US$ 700 milhões em fábrica que criará F-150 elétrico

+ RJ: tráfico promete caçar quem gravou equipe do Bravo da Rocinha: ‘Vai morrer’

+ Hubble mostra nova imagem de Júpiter e sua lua Europa

+ Após morte de cachorro, Gabriela Pugliesi adota nova cadela

+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago

+ MasterChef: mesmo desempregado, campeão decide doar prêmio

+ Arqueólogo leva 36 anos para montar maquete precisa da Roma Antiga

+ Senado aprova alterações no Código de Trânsito Brasileiro

+ Por que não consigo emagrecer? 7 possíveis razões

+ O que é pior para o seu corpo: açúcar ou sal?

+As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?

+ Educar é mais importante do que colecionar

+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea