Economia

Petrobras se recusa a abastecer navios iranianos temendo sanções dos EUA

Crédito: AFP/Arquivos

A Petrobras informou nesta sexta-feira (19) que não abastecerá com combustível dois navios iranianos parados há semanas no sul do Brasil, por temor de violar as sanções econômicas impostas pelos Estados Unidos.

As tensões no Golfo aumentaram nos últimos meses, reavivadas pela retirada de Washington do acordo sobre o programa nuclear iraniano e pelo restabelecimento das sanções contra Teerã.

Apontados como propriedade da empresa iraniana Sapid Shipping, os navios “Bavand” e “Termeh” chegaram ao porto de Paranaguá (sul do Brasil) em junho, confirmou à AFP um representante do terminal marítimo.

Eles chegaram com um carregamento de ureia industrial (usada na fabricação de fertilizantes) e voltariam com milho brasileiro para o Irã, de acordo com o portal de notícias G1.

A Sapid Shipping não respondeu imediatamente às perguntas da AFP.

+ Consulado chinês nos EUA é fechado e provoca nova crise
+ As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil

A Petrobras informou que “não forneceu combustível à empresa exportadora, pois os navios iranianos por ela contratados e a empresa iraniana proprietária dessas embarcações encontram-se sancionados pelos Estados Unidos”.

“Caso a Petrobras venha a abastecer esses navios, ficará sujeita ao risco de ser incluída na mesma lista, o que poderia ocasionar graves prejuízos à companhia”, acrescentou.

Veja também

+ Bradley Cooper de ‘Nasce Uma Estrela’, é cotado para papel em próximo filme de Paul Thomas Anderson

+ Os 20 carros mais vendidos em julho de 2020

+ Nova R3 2021 chega com novas opções de cores e grafismos a partir de R$ 26.490

+ Yudi Tamashiro e Mayara de Lara assumem namoro

+ Juliana Caetano se reúne com amigas para divulgar reality show Mansão Bonde’

+ Lívia Andrade posa de fio dental

+ Google permite ver animais em 3D com realidade aumentada

+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?