Economia

Petrobras prolonga teletrabalho de milhares de funcionários até dezembro

Petrobras prolonga teletrabalho de milhares de funcionários até dezembro

Sede da Petrobras no Rio de Janeiro, 9 de março de 2020 - AFP/Arquivos

A Petrobras prorrogou o teletrabalho, adotado em março devido à epidemia de coronavírus, até o final do ano e examina sua implementação permanente três dias por semana, informou a companhia petrolífera.

A extensão do teletrabalho até 31 de dezembro inclui 25.000 dos 45.000 funcionários, informou a empresa sediada no Rio de Janeiro à AFP.

A decisão foi tomada “considerando o compromisso com a proteção à vida e à saúde dos colaboradores e com o objetivo de viabilizar a execução gradual da estratégia de retorno”, afirmou a companhia por e-mail.

A Petrobras esclareceu, entretanto, que algumas atividades, de acordo com a necessidade da empresa, podem retomar o trabalho presencial antes do final do ano, em espaços físicos e em áreas adaptadas e adequadas.

O sucesso inicial do modelo também levou a Petrobras a estudar a implantação permanente do teletrabalho até três dias por semana, embora, por enquanto, não tenha detalhes sobre a extensão da medida.

+ Menina engasga ao comer máscara dentro de nugget do McDonald’s

“O modelo permanente ainda está sendo elaborado e só terá início após a conclusão do presente modelo transitório regido em função da pandemia”, afirmou.

O Brasil é o segundo país com o maior número de casos e mortes por coronavírus, atrás dos Estados Unidos. Na quarta-feira, havia mais de 1,44 milhão de infectados e 60.600 mortos pela doença.

Veja também

+ Avaliação: Chevrolet S10 2021 evoluiu mais do que parece

+ Jack Daniel’s com maçã começa a ser vendido no Brasil

+ Grosseria de jurados do MasterChef Brasil é alvo de críticas

+ Gésio Amadeu, o Chefe Chico de Chiquititas, morre após contrair Covid-19

+ Funcionário do Burger King é morto por causa de demora em pedido

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020

+ Bolsonaro veta indenização a profissionais de saúde incapacitados pela covid-19

+ Nascidos em maio recebem a 4ª parcela do auxílio na quarta-feira (05)

+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?