Economia

Peso chileno sofre queda histórica

Peso chileno sofre queda histórica

(Arquivo) O peso chileno caiu acentuadamente e foi negociado a 800 unidades por dólar nas casas de câmbio de Santiago, atingindo um mínimo histórico, em meio a protestos sociais que completam quatro semanas - AFP

O peso chileno caiu acentuadamente nesta terça-feira (-3,1%) e foi negociado a 783 unidades por dólar nas casas de câmbio de Santiago, atingindo seu mínimo histórico, em meio a protestos sociais que completam quatro semanas.

A moeda local havia fechado na segunda-feira a 760 unidades em relação ao dólar, com um aumento de 40 pesos por dólar ao meio-dia.

Seu valor histórico mínimo até o momento foi registrado em 10 de outubro de 2002, quando foi cotado a 761 pesos por dólar.

Em 18 de outubro, quando eclodiram os protestos sociais o peso chileno era cotado a 709 pesos.

“É um sinal de inquietude que estamos acompanhando muito atentamente”, disse o ministro de Fazenda, Ignacio Briones, acrescentando que a queda do peso “tem impactos nos preços, na inflação”.