Economia

Peru retomará na próxima segunda-feira voos com sete países latino-americanos

Peru retomará na próxima segunda-feira voos com sete países latino-americanos

Peru retomará voos internacionais com sete países latino-americanos - AFP/Arquivos

O Peru retomará voos internacionais com sete países latino-americanos na próxima segunda-feira, após quase sete meses de fechamento devido à pandemia, anunciou o presidente Martín Vizcarra nesta quarta-feira (30).

“No reinício dos voos internacionais a partir da próxima semana, começaremos com sete países: Colômbia, Equador, Panamá, Paraguai, Uruguai, Bolívia e Chile”, disse Vizcarra em entrevista coletiva.

São “sete países e onze destinos porque em alguns países os voos internacionais vão para mais de uma cidade”, disse o presidente.

O fechamento das fronteiras, decretado em 16 de março, representou um sério golpe para o próspero setor turístico peruano.

Vizcarra havia anunciado na última sexta-feira que a retomada dos voos seria no dia 5 de outubro, mas não havia especificado quais países seriam.

O presidente explicou nesta quarta-feira que serão permitidos voos comerciais “de ida e volta de passageiros com autonomia de até quatro horas de voo”.

“É o que está sendo estimado. Há um protocolo para esses voos entre o Ministério da Saúde e o Ministério dos Transportes”, acrescentou.

Veja também

+ A incrível história do judeu que trabalhou para os nazistas na Grécia

+ Teve o auxílio emergencial negado? Siga 3 passos para contestar no Dataprev

+ Caixa substitui pausa no financiamento imobiliário por desconto de até 50% na parcela

+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel

+Vídeo mostra puma perseguindo um corredor em trilha nos EUA

+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago

+ 12 razões que podem fazer você menstruar duas vezes no mês

+ Danii Banks faz sucesso nas redes sociais como a versão plus size da Barbie

+ Novo Xiaomi Mi Box 4S por R$ 240

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?

+ Educar é mais importante do que colecionar