Esportes

Peru disputará “como finais” duelos contra Uruguai e Paraguai, garante zagueiro Miguel Araujo

A seleção peruana jogará “como duas finais” a última rodada dupla de 24 e 29 de março contra Uruguai e Paraguai pelas Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo Catar-2022, garantiu o zagueiro Miguel Araujo.

A seleção ‘Inca’, comandada pelo técnico argentino Ricardo Gareca, enfrentará o Uruguai na quinta-feira no Estádio Nacional de Montevidéu e cinco dias depois receberá o Paraguai no Estádio Nacional de Lima para encerrar sua participação no torneio.


“O sentimento é de ansiedade porque serão duas finais (Uruguai e Paraguai), como foram todos os jogos nestas eliminatórias”, disse o zagueiro Araujo à rádio local Ovación.

“Aqueles que jogam no exterior vão se juntar à seleção para ficar à disposição e poder entrar nestes dois jogos que vamos disputar como verdadeiras finais”, avisou o jogador do FC Emmen da Holanda.

Com 21 pontos, a seleção peruana ocupa a quinta posição na classificação, que dá acesso a um playoff contra uma seleção asiática valendo a vaga na Copa do Catar-2022.

O próximo adversário dos peruanos, o Uruguai, está na quarta colocação que dá acesso direto à Copa do Mundo, com 22 pontos, apenas um de vantagem sobre o Peru.

Caso vença o Peru, e o Chile não derrote o Brasil na quinta-feira, a ‘Celeste’ se classificará diretamente para o Mundial. Seria uma grande feito, após uma série de maus resultados dos uruguaios que levaram à demissão do veterano técnico Oscar Tabárez em novembro passado, depois de quinze anos no comando da seleção uruguaia, e a entrada de Diego Alonso em seu lugar.

Mas do lado do Peru, também há otimismo. “Já fizemos história em outros países onde não tínhamos vencido, vencemos e esperamos que desta vez não seja a exceção”, acrescentou o jogador de 27 anos que tem três participações pela seleção peruana nas eliminatórias.

O Peru, comandado por Gareca, está concentrado desde domingo em um hotel no bairro turístico de Miraflores, em Lima, e treina nesta tarde com a equipe completa (29 convocados) na Villa Deportiva Nacional.

Entre os convocados está o ítalo-peruano Gianluca Lapadula, do time italiano Benevento, um dos artilheiros da Copa América do Brasil-2021.

Mas se destacam as ausências de astros como Paolo Guerrero e Jefferson Farfán, que não conseguiram superar suas lesões para jogar nesta última rodada dupla das eliminatórias.

“Estamos com muita vontade de alcançar o que planejamos desde o início (se classificar para a Copa) e estamos muito entusiasmados”, disse o meia Yoshimar Yotún, do Sporting Cristal.

A seleção peruana viajará para Montevidéu na tarde de terça-feira e no dia seguinte treinará no Estádio Gran Parque Central.

O Peru conseguiu uma sofrida classificação para o Mundial da Rússia de 2018 após 36 anos de ausência da competição, comandado por Gareca.

cm/cl/aam