ISTOÉ Gente

Péricles faz desabafo sobre racismo: “Sofri antes, durante e depois da fama”

Crédito: Reprodução Instagram

Na noite da última terça-feira (09), o cantor Péricles falou sobre racismo durante uma live com o portal iG.  No bate-papo, o sambista revelou que sentiu e sente na pele até hoje o preconceito racial.

“Eu sofri racismo antes, durante e depois da fama”, disse ele, que continuou: “Não deixou de acontecer. Pessoas mudam de lugar no avião, acontece essas coisas, mas elas nunca vão dizer o que é. Não é a fama e o dinheiro que apaga a cor da pele de ninguém. Outros artistas podem afirmar isso também”.

Veja também:
Neymar pode ter passaporte apreendido após confusão com padrasto
Marina Ruy Barbosa desabafa sobre ano difícil e chora: “Tentando ser forte”

O ex-vocalista do Exaltasamba ainda falou sobre ser um homem preto fora do padrão e com protagonismo na mídia. “Na minha vida, o preconceito, ele existe. Eu sou preto, sou gordo, mas em primeiro lugar eu tenho a minha música. Procurei me preparar muito durante todo esse tempo. Pra saber o que dizer num momento como esse”, disse em relação à onda de manifestações antirracistas “Black Lives Matter”, concluiu.


+ Grávida do quinto filho, influenciadora morre aos 36 anos
+ Após assassinar a esposa, marido usou cartão da vítima para fazer compras e viajar com amante

Veja também

+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Ticiane Pinheiro posa de maiô decotado e internautas suspeitam de gravidez
+ Denise Dias faz seguro do bumbum: “Meu patrimônio”
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel