Esportes

Pelé retorna ao Brasil após hospitalização na França


O rei do futebol, Pelé, desembarcou nesta terça-feira em São Paulo, procedente de Paris, onde permaneceu hospitalizado por cinco dias em consequência de uma infecção urinária.

“Mais uma vez, graças a Deus, tudo saiu bem. Estou vivo. Viva o Brasil”, declarou aos jornalistas ao deixar o aeroporto de Guarulhos em uma cadeira de rodas.

Pelé, 78 anos, foi internado em 3 de abril após participar em um evento promocional em Paris com o jovem francês Kylian Mbappé.

O ex-atleta foi tratado por uma infecção urinária grave, “que requisitou assistência médica e cirúrgica de emergência”, informou Pelé na segunda-feira.

A frágil saúde de Pelé, único jogador a conquistar três Copas do Mundo (1958, 1962 e 1970), tem sido uma fonte de preocupação nos últimos anos.

O mundo do futebol chegou a temer pela vida de Pelé em novembro de 2014, quando ele foi internado na unidade de tratamento intensivo após uma infecção urinária que o obrigou a passar por uma hemodiálise.

Edson Arantes do Nascimento, conhecido mundialmente como Pelé, foi visto em público nos últimos anos em uma cadeira de rodas ou com um andador. Em 2016 não teve condições físicas de acender a tocha olímpica nos Jogos do Rio.

jm-pt/gv/fp

Veja também
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Nicole Bahls já havia sido alertada sobre infidelidade do ex-marido
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Chef playmate cria receita afrodisíaca para o Dia do Orgasmo
+ ‘Transo 15 vezes na semana’, diz Eduardo Costa ao revelar tratamento por vício em sexo
+ Mercedes-Benz Sprinter ganha versão motorhome
+ Veja fotos de Karoline Lima, novo affair de Neymar
+ Anorexia, um transtorno alimentar que pode levar à morte
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago

Esportes

Pelé retorna ao Brasil após hospitalização na França


O rei do futebol, Pelé, desembarcou nesta terça-feira em São Paulo, procedente de Paris, onde permaneceu hospitalizado por cinco dias em consequência de uma infecção urinária.

“Mais uma vez, graças a Deus, tudo saiu bem. Estou vivo. Viva o Brasil”, declarou aos jornalistas ao deixar o aeroporto de Guarulhos em uma cadeira de rodas.

Pelé, 78 anos, foi internado em 3 de abril após participar em um evento promocional em Paris com o jovem francês Kylian Mbappé.

O ex-atleta foi tratado por uma infecção urinária grave, “que requisitou assistência médica e cirúrgica de emergência”, informou Pelé na segunda-feira.

A frágil saúde de Pelé, único jogador a conquistar três Copas do Mundo (1958, 1962 e 1970), tem sido uma fonte de preocupação nos últimos anos.

O mundo do futebol chegou a temer pela vida de Pelé em novembro de 2014, quando ele foi internado na unidade de tratamento intensivo após uma infecção urinária que o obrigou a passar por uma hemodiálise.

Edson Arantes do Nascimento, conhecido mundialmente como Pelé, foi visto em público nos últimos anos em uma cadeira de rodas ou com um andador. Em 2016 não teve condições físicas de acender a tocha olímpica nos Jogos do Rio.

jm-pt/gv/fp

Veja também
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Nicole Bahls já havia sido alertada sobre infidelidade do ex-marido
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Chef playmate cria receita afrodisíaca para o Dia do Orgasmo
+ ‘Transo 15 vezes na semana’, diz Eduardo Costa ao revelar tratamento por vício em sexo
+ Mercedes-Benz Sprinter ganha versão motorhome
+ Veja fotos de Karoline Lima, novo affair de Neymar
+ Anorexia, um transtorno alimentar que pode levar à morte
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago

Esportes

Pelé retorna ao Brasil após hospitalização na França


O rei do futebol, Pelé, desembarcou nesta terça-feira em São Paulo, procedente de Paris, onde permaneceu hospitalizado por cinco dias em consequência de uma infecção urinária.

“Mais uma vez, graças a Deus, tudo saiu bem. Estou vivo. Viva o Brasil”, declarou aos jornalistas ao deixar o aeroporto de Guarulhos em uma cadeira de rodas.

Pelé, 78 anos, foi internado em 3 de abril após participar em um evento promocional em Paris com o jovem francês Kylian Mbappé.

O ex-atleta foi tratado por uma infecção urinária grave, “que requisitou assistência médica e cirúrgica de emergência”, informou Pelé na segunda-feira.

A frágil saúde de Pelé, único jogador a conquistar três Copas do Mundo (1958, 1962 e 1970), tem sido uma fonte de preocupação nos últimos anos.

O mundo do futebol chegou a temer pela vida de Pelé em novembro de 2014, quando ele foi internado na unidade de tratamento intensivo após uma infecção urinária que o obrigou a passar por uma hemodiálise.

Edson Arantes do Nascimento, conhecido mundialmente como Pelé, foi visto em público nos últimos anos em uma cadeira de rodas ou com um andador. Em 2016 não teve condições físicas de acender a tocha olímpica nos Jogos do Rio.

jm-pt/gv/fp

Veja também
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Nicole Bahls já havia sido alertada sobre infidelidade do ex-marido
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Chef playmate cria receita afrodisíaca para o Dia do Orgasmo
+ ‘Transo 15 vezes na semana’, diz Eduardo Costa ao revelar tratamento por vício em sexo
+ Mercedes-Benz Sprinter ganha versão motorhome
+ Veja fotos de Karoline Lima, novo affair de Neymar
+ Anorexia, um transtorno alimentar que pode levar à morte
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago

Esportes

Pelé retorna ao Brasil após hospitalização na França


O rei do futebol, Pelé, desembarcou nesta terça-feira em São Paulo, procedente de Paris, onde permaneceu hospitalizado por cinco dias em consequência de uma infecção urinária.

“Mais uma vez, graças a Deus, tudo saiu bem. Estou vivo. Longa vida no Brasil”, declarou aos jornalistas ao deixar o aeroporto de Guarulhos em uma cadeira de rodas.

Pelé, 78 anos, foi internado em 3 de abril após participar em um evento promocional em Paris com o jovem francês Kylian Mbappé.

O ex-atleta foi tratado por uma infecção urinária grave, “que requisitou assistência médica e cirúrgica de emergência”, informou Pelé na segunda-feira.

A frágil saúde de Pelé, único jogador a conquistar três Copas do Mundo (1958, 1962 e 1970), tem sido uma fonte de preocupação nos últimos anos.

O mundo do futebol chegou a temer pela vida de Pelé em novembro de 2014, quando ele foi internado na unidade de tratamento intensivo após uma infecção urinária que o obrigou a passar por uma hemodiálise.

Edson Arantes do Nascimento, conhecido mundialmente como Pelé, foi visto em público nos últimos anos em uma cadeira de rodas ou com um andador. Em 2016 não teve condições físicas de acender a tocha olímpica nos Jogos do Rio.

jm-pt/gv/fp

Veja também
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Nicole Bahls já havia sido alertada sobre infidelidade do ex-marido
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Chef playmate cria receita afrodisíaca para o Dia do Orgasmo
+ ‘Transo 15 vezes na semana’, diz Eduardo Costa ao revelar tratamento por vício em sexo
+ Mercedes-Benz Sprinter ganha versão motorhome
+ Veja fotos de Karoline Lima, novo affair de Neymar
+ Anorexia, um transtorno alimentar que pode levar à morte
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago

Esportes

Pelé retorna ao Brasil após hospitalização na França


O rei do futebol, Pelé, desembarcou nesta terça-feira em São Paulo, procedente de Paris, onde permaneceu hospitalizado por cinco dias em consequência de uma infecção urinária.

“Mais uma vez, graças a Deus, tudo saiu bem. Estou vivo. Longa vida no Brasil”, declarou aos jornalistas ao deixar o aeroporto de Guarulhos em uma cadeira de rodas.

Pelé, 78 anos, foi internado em 3 de abril após participar em um evento promocional em Paris com o jovem francês Kylian Mbappé.

O ex-atleta foi tratado por uma infecção urinária grave, “que requisitou assistência médica e cirúrgica de emergência”, informou Pelé na segunda-feira.

A frágil saúde de Pelé, único jogador a conquistar três Copas do Mundo (1958, 1962 e 1970), tem sido uma fonte de preocupação nos últimos anos.

O mundo do futebol chegou a temer pela vida de Pelé em novembro de 2014, quando ele foi internado na unidade de tratamento intensivo após uma infecção urinária que o obrigou a passar por uma hemodiálise.

Edson Arantes do Nascimento, conhecido mundialmente como Pelé, foi visto em público nos últimos anos em uma cadeira de rodas ou com um andador. Em 2016 não teve condições físicas de acender a tocha olímpica nos Jogos do Rio.

jm-pt/gv/fp

Veja também
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Nicole Bahls já havia sido alertada sobre infidelidade do ex-marido
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Chef playmate cria receita afrodisíaca para o Dia do Orgasmo
+ ‘Transo 15 vezes na semana’, diz Eduardo Costa ao revelar tratamento por vício em sexo
+ Mercedes-Benz Sprinter ganha versão motorhome
+ Veja fotos de Karoline Lima, novo affair de Neymar
+ Anorexia, um transtorno alimentar que pode levar à morte
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago

Esportes

Pelé retorna ao Brasil após hospitalização na França


O rei do futebol, Pelé, desembarcou nesta terça-feira em São Paulo, procedente de Paris, onde permaneceu hospitalizado por cinco dias em consequência de uma infecção urinária.

“Mais uma vez, graças a Deus, tudo saiu bem. Estou vivo. Longa vida no Brasil”, declarou aos jornalistas ao deixar o aeroporto de Guarulhos em uma cadeira de rodas.

Pelé, 78 anos, foi internado em 3 de abril após participar em um evento promocional em Paris com o jovem francês Kylian Mbappé.

O ex-atleta foi tratado por uma infecção urinária grave, “que requisitou assistência médica e cirúrgica de emergência”, informou Pelé na segunda-feira.

A frágil saúde de Pelé, único jogador a conquistar três Copas do Mundo (1958, 1962 e 1970), tem sido uma fonte de preocupação nos últimos anos.

O mundo do futebol chegou a temer pela vida de Pelé em novembro de 2014, quando ele foi internado na unidade de tratamento intensivo após uma infecção urinária que o obrigou a passar por uma hemodiálise.

Edson Arantes do Nascimento, conhecido mundialmente como Pelé, foi visto em público nos últimos anos em uma cadeira de rodas ou com um andador. Em 2016 não teve condições físicas de acender a tocha olímpica nos Jogos do Rio.

jm-pt/gv/fp

Veja também
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Nicole Bahls já havia sido alertada sobre infidelidade do ex-marido
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Chef playmate cria receita afrodisíaca para o Dia do Orgasmo
+ ‘Transo 15 vezes na semana’, diz Eduardo Costa ao revelar tratamento por vício em sexo
+ Mercedes-Benz Sprinter ganha versão motorhome
+ Veja fotos de Karoline Lima, novo affair de Neymar
+ Anorexia, um transtorno alimentar que pode levar à morte
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago

Esportes

Pelé retorna ao Brasil após hospitalização na França


O rei do futebol, Pelé, desembarcou nesta terça-feira em São Paulo, procedente de Paris, onde permaneceu hospitalizado por cinco dias em consequência de uma infecção urinária.

“Mais uma vez, graças a Deus, tudo saiu bem. Estou vivo. Longa vida no Brasil”, declarou aos jornalistas ao deixar o aeroporto de Guarulhos em uma cadeira de rodas.

Pelé, 78 anos, foi internado em 3 de abril após participar em um evento promocional em Paris com o jovem francês Kylian Mbappé.

O ex-atleta foi tratado por uma infecção urinária grave, “que requisitou assistência médica e cirúrgica de emergência”, informou Pelé na segunda-feira.

A frágil saúde de Pelé, único jogador a conquistar três Copas do Mundo (1958, 1962 e 1970), tem sido uma fonte de preocupação nos últimos anos.

O mundo do futebol chegou a temer pela vida de Pelé em novembro de 2014, quando ele foi internado na unidade de tratamento intensivo após uma infecção urinária que o obrigou a passar por uma hemodiálise.

Edson Arantes do Nascimento, conhecido mundialmente como Pelé, foi visto em público nos últimos anos em uma cadeira de rodas ou com um andador. Em 2016 não teve condições físicas de acender a tocha olímpica nos Jogos do Rio.

jm-pt/gv/fp

Veja também
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Nicole Bahls já havia sido alertada sobre infidelidade do ex-marido
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Chef playmate cria receita afrodisíaca para o Dia do Orgasmo
+ ‘Transo 15 vezes na semana’, diz Eduardo Costa ao revelar tratamento por vício em sexo
+ Mercedes-Benz Sprinter ganha versão motorhome
+ Veja fotos de Karoline Lima, novo affair de Neymar
+ Anorexia, um transtorno alimentar que pode levar à morte
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago

Esportes

Pelé retorna ao Brasil após hospitalização na França


O rei do futebol, Pelé, desembarcou nesta terça-feira em São Paulo, procedente de Paris, onde permaneceu hospitalizado por cinco dias em consequência de uma infecção urinária.

“Mais uma vez, graças a Deus, tudo saiu bem. Estou vivo. Longa vida no Brasil”, declarou aos jornalistas ao deixar o aeroporto de Guarulhos em uma cadeira de rodas.

Pelé, 78 anos, foi internado em 3 de abril após participar em um evento promocional em Paris com o jovem francês Kylian Mbappé.

O ex-atleta foi tratado por uma infecção urinária grave, “que requisitou assistência médica e cirúrgica de emergência”, informou Pelé na segunda-feira.

A frágil saúde de Pelé, único jogador a conquistar três Copas do Mundo (1958, 1962 e 1970), tem sido uma fonte de preocupação nos últimos anos.

O mundo do futebol chegou a temer pela vida de Pelé em novembro de 2014, quando ele foi internado na unidade de tratamento intensivo após uma infecção urinária que o obrigou a passar por uma hemodiálise.

Edson Arantes do Nascimento, conhecido mundialmente como Pelé, foi visto em público nos últimos anos em uma cadeira de rodas ou com um andador. Em 2016 não teve condições físicas de acender a tocha olímpica nos Jogos do Rio.

jm-pt/gv/fp

Veja também
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Nicole Bahls já havia sido alertada sobre infidelidade do ex-marido
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Chef playmate cria receita afrodisíaca para o Dia do Orgasmo
+ ‘Transo 15 vezes na semana’, diz Eduardo Costa ao revelar tratamento por vício em sexo
+ Mercedes-Benz Sprinter ganha versão motorhome
+ Veja fotos de Karoline Lima, novo affair de Neymar
+ Anorexia, um transtorno alimentar que pode levar à morte
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago

Esportes

Pelé retorna ao Brasil após hospitalização na França


O rei do futebol, Pelé, desembarcou nesta terça-feira em São Paulo, procedente de Paris, onde permaneceu hospitalizado por cinco dias em consequência de uma infecção urinária.

“Mais uma vez, graças a Deus, tudo saiu bem. Estou vivo. Longa vida no Brasil”, declarou aos jornalistas ao deixar o aeroporto de Guarulhos em uma cadeira de rodas.

Pelé, 78 anos, foi internado em 3 de abril após participar em um evento promocional em Paris com o jovem francês Kylian Mbappé.

O ex-atleta foi tratado por uma infecção urinária grave, “que requisitou assistência médica e cirúrgica de emergência”, informou Pelé na segunda-feira.

A frágil saúde de Pelé, único jogador a conquistar três Copas do Mundo (1958, 1962 e 1970), tem sido uma fonte de preocupação nos últimos anos.

O mundo do futebol chegou a temer pela vida de Pelé em novembro de 2014, quando ele foi internado na unidade de tratamento intensivo após uma infecção urinária que o obrigou a passar por uma hemodiálise.

Edson Arantes do Nascimento, conhecido mundialmente como Pelé, foi visto em público nos últimos anos em uma cadeira de rodas ou com um andador. Em 2016 não teve condições físicas de acender a tocha olímpica nos Jogos do Rio.

jm-pt/gv/fp

Veja também
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Nicole Bahls já havia sido alertada sobre infidelidade do ex-marido
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Chef playmate cria receita afrodisíaca para o Dia do Orgasmo
+ ‘Transo 15 vezes na semana’, diz Eduardo Costa ao revelar tratamento por vício em sexo
+ Mercedes-Benz Sprinter ganha versão motorhome
+ Veja fotos de Karoline Lima, novo affair de Neymar
+ Anorexia, um transtorno alimentar que pode levar à morte
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago

Esportes

Pelé retorna ao Brasil após hospitalização na França


O rei do futebol, Pelé, desembarcou nesta terça-feira em São Paulo, procedente de Paris, onde permaneceu hospitalizado por cinco dias em consequência de uma infecção urinária.

“Mais uma vez, graças a Deus, tudo saiu bem. Estou vivo. Longa vida no Brasil”, declarou aos jornalistas ao deixar o aeroporto de Guarulhos em uma cadeira de rodas.

Pelé, 78 anos, foi internado em 3 de abril após participar em um evento promocional em Paris com o jovem francês Kylian Mbappé.

O ex-atleta foi tratado por uma infecção urinária grave, “que requisitou assistência médica e cirúrgica de emergência”, informou Pelé na segunda-feira.

A frágil saúde de Pelé, único jogador a conquistar três Copas do Mundo (1958, 1962 e 1970), tem sido uma fonte de preocupação nos últimos anos.

O mundo do futebol chegou a temer pela vida de Pelé em novembro de 2014, quando ele foi internado na unidade de tratamento intensivo após uma infecção urinária que o obrigou a passar por uma hemodiálise.

Edson Arantes do Nascimento, conhecido mundialmente como Pelé, foi visto em público nos últimos anos em uma cadeira de rodas ou com um andador. Em 2016 não teve condições físicas de acender a tocha olímpica nos Jogos do Rio.

jm-pt/gv/fp

Veja também
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Nicole Bahls já havia sido alertada sobre infidelidade do ex-marido
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Chef playmate cria receita afrodisíaca para o Dia do Orgasmo
+ ‘Transo 15 vezes na semana’, diz Eduardo Costa ao revelar tratamento por vício em sexo
+ Mercedes-Benz Sprinter ganha versão motorhome
+ Veja fotos de Karoline Lima, novo affair de Neymar
+ Anorexia, um transtorno alimentar que pode levar à morte
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago

Esportes

Pelé retorna ao Brasil após hospitalização na França


O rei do futebol, Pelé, desembarcou nesta terça-feira em São Paulo, procedente de Paris, onde permaneceu hospitalizado por cinco dias em consequência de uma infecção urinária.

“Mais uma vez, graças a Deus, tudo saiu bem. Estou vivo. Longa vida no Brasil”, declarou aos jornalistas ao deixar o aeroporto de Guarulhos em uma cadeira de rodas.

Pelé, 78 anos, foi internado em 3 de abril após participar em um evento promocional em Paris com o jovem francês Kylian Mbappé.

O ex-atleta foi tratado por uma infecção urinária grave, “que requisitou assistência médica e cirúrgica de emergência”, informou Pelé na segunda-feira.

A frágil saúde de Pelé, único jogador a conquistar três Copas do Mundo (1958, 1962 e 1970), tem sido uma fonte de preocupação nos últimos anos.

O mundo do futebol chegou a temer pela vida de Pelé em novembro de 2014, quando ele foi internado na unidade de tratamento intensivo após uma infecção urinária que o obrigou a passar por uma hemodiálise.

Edson Arantes do Nascimento, conhecido mundialmente como Pelé, foi visto em público nos últimos anos em uma cadeira de rodas ou com um andador. Em 2016 não teve condições físicas de acender a tocha olímpica nos Jogos do Rio.

jm-pt/gv/fp

Veja também
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Nicole Bahls já havia sido alertada sobre infidelidade do ex-marido
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Chef playmate cria receita afrodisíaca para o Dia do Orgasmo
+ ‘Transo 15 vezes na semana’, diz Eduardo Costa ao revelar tratamento por vício em sexo
+ Mercedes-Benz Sprinter ganha versão motorhome
+ Veja fotos de Karoline Lima, novo affair de Neymar
+ Anorexia, um transtorno alimentar que pode levar à morte
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago

Esportes

Pelé retorna ao Brasil após hospitalização na França


O rei do futebol, Pelé, desembarcou nesta terça-feira em São Paulo, procedente de Paris, onde permaneceu hospitalizado por cinco dias em consequência de uma infecção urinária.

“Mais uma vez, graças a Deus, tudo saiu bem. Estou vivo. Longa vida no Brasil”, declarou aos jornalistas ao deixar o aeroporto de Guarulhos em uma cadeira de rodas.

Pelé, 78 anos, foi internado em 3 de abril após participar em um evento promocional em Paris com o jovem francês Kylian Mbappé.

O ex-atleta foi tratado por uma infecção urinária grave, “que requisitou assistência médica e cirúrgica de emergência”, informou Pelé na segunda-feira.

A frágil saúde de Pelé, único jogador a conquistar três Copas do Mundo (1958, 1962 e 1970), tem sido uma fonte de preocupação nos últimos anos.

O mundo do futebol chegou a temer pela vida de Pelé em novembro de 2014, quando ele foi internado na unidade de tratamento intensivo após uma infecção urinária que o obrigou a passar por uma hemodiálise.

Edson Arantes do Nascimento, conhecido mundialmente como Pelé, foi visto em público nos últimos anos em uma cadeira de rodas ou com um andador. Em 2016 não teve condições físicas de acender a tocha olímpica nos Jogos do Rio.

jm-pt/gv/fp

Veja também
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Nicole Bahls já havia sido alertada sobre infidelidade do ex-marido
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Chef playmate cria receita afrodisíaca para o Dia do Orgasmo
+ ‘Transo 15 vezes na semana’, diz Eduardo Costa ao revelar tratamento por vício em sexo
+ Mercedes-Benz Sprinter ganha versão motorhome
+ Veja fotos de Karoline Lima, novo affair de Neymar
+ Anorexia, um transtorno alimentar que pode levar à morte
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago

Esportes

Pelé retorna ao Brasil após hospitalização na França


O rei do futebol, Pelé, desembarcou nesta terça-feira em São Paulo, procedente de Paris, onde permaneceu hospitalizado por cinco dias em consequência de uma infecção urinária.

“Mais uma vez, graças a Deus, tudo saiu bem. Estou vivo. Longa vida no Brasil”, declarou aos jornalistas ao deixar o aeroporto de Guarulhos em uma cadeira de rodas.

Pelé, 78 anos, foi internado em 3 de abril após participar em um evento promocional em Paris com o jovem francês Kylian Mbappé.

O ex-atleta foi tratado por uma infecção urinária grave, “que requisitou assistência médica e cirúrgica de emergência”, informou Pelé na segunda-feira.

A frágil saúde de Pelé, único jogador a conquistar três Copas do Mundo (1958, 1962 e 1970), tem sido uma fonte de preocupação nos últimos anos.

O mundo do futebol chegou a temer pela vida de Pelé em novembro de 2014, quando ele foi internado na unidade de tratamento intensivo após uma infecção urinária que o obrigou a passar por uma hemodiálise.

Edson Arantes do Nascimento, conhecido mundialmente como Pelé, foi visto em público nos últimos anos em uma cadeira de rodas ou com um andador. Em 2016 não teve condições físicas de acender a tocha olímpica nos Jogos do Rio.

jm-pt/gv/fp

Veja também
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Nicole Bahls já havia sido alertada sobre infidelidade do ex-marido
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Chef playmate cria receita afrodisíaca para o Dia do Orgasmo
+ ‘Transo 15 vezes na semana’, diz Eduardo Costa ao revelar tratamento por vício em sexo
+ Mercedes-Benz Sprinter ganha versão motorhome
+ Veja fotos de Karoline Lima, novo affair de Neymar
+ Anorexia, um transtorno alimentar que pode levar à morte
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago

Esportes

Pelé retorna ao Brasil após hospitalização na França


O rei do futebol, Pelé, desembarcou nesta terça-feira em São Paulo, procedente de Paris, onde permaneceu hospitalizado por cinco dias em consequência de uma infecção urinária.

“Mais uma vez, graças a Deus, tudo saiu bem. Estou vivo. Longa vida no Brasil”, declarou aos jornalistas ao deixar o aeroporto de Guarulhos em uma cadeira de rodas.

Pelé, 78 anos, foi internado em 3 de abril após participar em um evento promocional em Paris com o jovem francês Kylian Mbappé.

O ex-atleta foi tratado por uma infecção urinária grave, “que requisitou assistência médica e cirúrgica de emergência”, informou Pelé na segunda-feira.

A frágil saúde de Pelé, único jogador a conquistar três Copas do Mundo (1958, 1962 e 1970), tem sido uma fonte de preocupação nos últimos anos.

O mundo do futebol chegou a temer pela vida de Pelé em novembro de 2014, quando ele foi internado na unidade de tratamento intensivo após uma infecção urinária que o obrigou a passar por uma hemodiálise.

Edson Arantes do Nascimento, conhecido mundialmente como Pelé, foi visto em público nos últimos anos em uma cadeira de rodas ou com um andador. Em 2016 não teve condições físicas de acender a tocha olímpica nos Jogos do Rio.

jm-pt/gv/fp

Veja também
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Nicole Bahls já havia sido alertada sobre infidelidade do ex-marido
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Chef playmate cria receita afrodisíaca para o Dia do Orgasmo
+ ‘Transo 15 vezes na semana’, diz Eduardo Costa ao revelar tratamento por vício em sexo
+ Mercedes-Benz Sprinter ganha versão motorhome
+ Veja fotos de Karoline Lima, novo affair de Neymar
+ Anorexia, um transtorno alimentar que pode levar à morte
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago

Esportes

Pelé retorna ao Brasil após hospitalização na França


O rei do futebol, Pelé, desembarcou nesta terça-feira em São Paulo, procedente de Paris, onde permaneceu hospitalizado por cinco dias em consequência de uma infecção urinária.

“Mais uma vez, graças a Deus, tudo saiu bem. Estou vivo. Longa vida no Brasil”, declarou aos jornalistas ao deixar o aeroporto de Guarulhos em uma cadeira de rodas.

Pelé, 78 anos, foi internado em 3 de abril após participar em um evento promocional em Paris com o jovem francês Kylian Mbappé.

O ex-atleta foi tratado por uma infecção urinária grave, “que requisitou assistência médica e cirúrgica de emergência”, informou Pelé na segunda-feira.

A frágil saúde de Pelé, único jogador a conquistar três Copas do Mundo (1958, 1962 e 1970), tem sido uma fonte de preocupação nos últimos anos.

O mundo do futebol chegou a temer pela vida de Pelé em novembro de 2014, quando ele foi internado na unidade de tratamento intensivo após uma infecção urinária que o obrigou a passar por uma hemodiálise.

Edson Arantes do Nascimento, conhecido mundialmente como Pelé, foi visto em público nos últimos anos em uma cadeira de rodas ou com um andador. Em 2016 não teve condições físicas de acender a tocha olímpica nos Jogos do Rio.

jm-pt/gv/fp

Veja também
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Nicole Bahls já havia sido alertada sobre infidelidade do ex-marido
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Chef playmate cria receita afrodisíaca para o Dia do Orgasmo
+ ‘Transo 15 vezes na semana’, diz Eduardo Costa ao revelar tratamento por vício em sexo
+ Mercedes-Benz Sprinter ganha versão motorhome
+ Veja fotos de Karoline Lima, novo affair de Neymar
+ Anorexia, um transtorno alimentar que pode levar à morte
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago

Esportes

Pelé retorna ao Brasil após hospitalização na França


O rei do futebol, Pelé, desembarcou nesta terça-feira em São Paulo, procedente de Paris, onde permaneceu hospitalizado por cinco dias em consequência de uma infecção urinária.

“Mais uma vez, graças a Deus, tudo saiu bem. Estou vivo. Longa vida no Brasil”, declarou aos jornalistas ao deixar o aeroporto de Guarulhos em uma cadeira de rodas.

Pelé, 78 anos, foi internado em 3 de abril após participar em um evento promocional em Paris com o jovem francês Kylian Mbappé.

O ex-atleta foi tratado por uma infecção urinária grave, “que requisitou assistência médica e cirúrgica de emergência”, informou Pelé na segunda-feira.

A frágil saúde de Pelé, único jogador a conquistar três Copas do Mundo (1958, 1962 e 1970), tem sido uma fonte de preocupação nos últimos anos.

O mundo do futebol chegou a temer pela vida de Pelé em novembro de 2014, quando ele foi internado na unidade de tratamento intensivo após uma infecção urinária que o obrigou a passar por uma hemodiálise.

Edson Arantes do Nascimento, conhecido mundialmente como Pelé, foi visto em público nos últimos anos em uma cadeira de rodas ou com um andador. Em 2016 não teve condições físicas de acender a tocha olímpica nos Jogos do Rio.

jm-pt/gv/fp

Veja também
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Nicole Bahls já havia sido alertada sobre infidelidade do ex-marido
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Chef playmate cria receita afrodisíaca para o Dia do Orgasmo
+ ‘Transo 15 vezes na semana’, diz Eduardo Costa ao revelar tratamento por vício em sexo
+ Mercedes-Benz Sprinter ganha versão motorhome
+ Veja fotos de Karoline Lima, novo affair de Neymar
+ Anorexia, um transtorno alimentar que pode levar à morte
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago

Esportes

Pelé retorna ao Brasil após hospitalização na França


O rei do futebol, Pelé, desembarcou nesta terça-feira em São Paulo, procedente de Paris, onde permaneceu hospitalizado por cinco dias em consequência de uma infecção urinária.

“Mais uma vez, graças a Deus, tudo saiu bem. Estou vivo. Longa vida no Brasil”, declarou aos jornalistas ao deixar o aeroporto de Guarulhos em uma cadeira de rodas.

Pelé, 78 anos, foi internado em 3 de abril após participar em um evento promocional em Paris com o jovem francês Kylian Mbappé.

O ex-atleta foi tratado por uma infecção urinária grave, “que requisitou assistência médica e cirúrgica de emergência”, informou Pelé na segunda-feira.

A frágil saúde de Pelé, único jogador a conquistar três Copas do Mundo (1958, 1962 e 1970), tem sido uma fonte de preocupação nos últimos anos.

O mundo do futebol chegou a temer pela vida de Pelé em novembro de 2014, quando ele foi internado na unidade de tratamento intensivo após uma infecção urinária que o obrigou a passar por uma hemodiálise.

Edson Arantes do Nascimento, conhecido mundialmente como Pelé, foi visto em público nos últimos anos em uma cadeira de rodas ou com um andador. Em 2016 não teve condições físicas de acender a tocha olímpica nos Jogos do Rio.

jm-pt/gv/fp

Veja também
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Nicole Bahls já havia sido alertada sobre infidelidade do ex-marido
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Chef playmate cria receita afrodisíaca para o Dia do Orgasmo
+ ‘Transo 15 vezes na semana’, diz Eduardo Costa ao revelar tratamento por vício em sexo
+ Mercedes-Benz Sprinter ganha versão motorhome
+ Veja fotos de Karoline Lima, novo affair de Neymar
+ Anorexia, um transtorno alimentar que pode levar à morte
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago

Esportes

Pelé retorna ao Brasil após hospitalização na França


O rei do futebol, Pelé, desembarcou nesta terça-feira em São Paulo, procedente de Paris, onde permaneceu hospitalizado por cinco dias em consequência de uma infecção urinária.

“Mais uma vez, graças a Deus, tudo saiu bem. Estou vivo. Longa vida no Brasil”, declarou aos jornalistas ao deixar o aeroporto de Guarulhos em uma cadeira de rodas.

Pelé, 78 anos, foi internado em 3 de abril após participar em um evento promocional em Paris com o jovem francês Kylian Mbappé.

O ex-atleta foi tratado por uma infecção urinária grave, “que requisitou assistência médica e cirúrgica de emergência”, informou Pelé na segunda-feira.

A frágil saúde de Pelé, único jogador a conquistar três Copas do Mundo (1958, 1962 e 1970), tem sido uma fonte de preocupação nos últimos anos.

O mundo do futebol chegou a temer pela vida de Pelé em novembro de 2014, quando ele foi internado na unidade de tratamento intensivo após uma infecção urinária que o obrigou a passar por uma hemodiálise.

Edson Arantes do Nascimento, conhecido mundialmente como Pelé, foi visto em público nos últimos anos em uma cadeira de rodas ou com um andador. Em 2016 não teve condições físicas de acender a tocha olímpica nos Jogos do Rio.

jm-pt/gv/fp

Veja também
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Nicole Bahls já havia sido alertada sobre infidelidade do ex-marido
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Chef playmate cria receita afrodisíaca para o Dia do Orgasmo
+ ‘Transo 15 vezes na semana’, diz Eduardo Costa ao revelar tratamento por vício em sexo
+ Mercedes-Benz Sprinter ganha versão motorhome
+ Veja fotos de Karoline Lima, novo affair de Neymar
+ Anorexia, um transtorno alimentar que pode levar à morte
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago

Esportes

Pelé retorna ao Brasil após hospitalização na França


O rei do futebol, Pelé, desembarcou nesta terça-feira em São Paulo, procedente de Paris, onde permaneceu hospitalizado por cinco dias em consequência de uma infecção urinária.

“Mais uma vez, graças a Deus, tudo saiu bem. Estou vivo. Longa vida no Brasil”, declarou aos jornalistas ao deixar o aeroporto de Guarulhos em uma cadeira de rodas.

Pelé, 78 anos, foi internado em 3 de abril após participar em um evento promocional em Paris com o jovem francês Kylian Mbappé.

O ex-atleta foi tratado por uma infecção urinária grave, “que requisitou assistência médica e cirúrgica de emergência”, informou Pelé na segunda-feira.

A frágil saúde de Pelé, único jogador a conquistar três Copas do Mundo (1958, 1962 e 1970), tem sido uma fonte de preocupação nos últimos anos.

O mundo do futebol chegou a temer pela vida de Pelé em novembro de 2014, quando ele foi internado na unidade de tratamento intensivo após uma infecção urinária que o obrigou a passar por uma hemodiálise.

Edson Arantes do Nascimento, conhecido mundialmente como Pelé, foi visto em público nos últimos anos em uma cadeira de rodas ou com um andador. Em 2016 não teve condições físicas de acender a tocha olímpica nos Jogos do Rio.

jm-pt/gv/fp

Veja também
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Nicole Bahls já havia sido alertada sobre infidelidade do ex-marido
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Chef playmate cria receita afrodisíaca para o Dia do Orgasmo
+ ‘Transo 15 vezes na semana’, diz Eduardo Costa ao revelar tratamento por vício em sexo
+ Mercedes-Benz Sprinter ganha versão motorhome
+ Veja fotos de Karoline Lima, novo affair de Neymar
+ Anorexia, um transtorno alimentar que pode levar à morte
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago

Esportes

Pelé retorna ao Brasil após hospitalização na França


O rei do futebol, Pelé, desembarcou nesta terça-feira em São Paulo, procedente de Paris, onde permaneceu hospitalizado por cinco dias em consequência de uma infecção urinária.

“Mais uma vez, graças a Deus, tudo saiu bem. Estou vivo. Longa vida no Brasil”, declarou aos jornalistas ao deixar o aeroporto de Guarulhos em uma cadeira de rodas.

Pelé, 78 anos, foi internado em 3 de abril após participar em um evento promocional em Paris com o jovem francês Kylian Mbappé.

O ex-atleta foi tratado por uma infecção urinária grave, “que requisitou assistência médica e cirúrgica de emergência”, informou Pelé na segunda-feira.

A frágil saúde de Pelé, único jogador a conquistar três Copas do Mundo (1958, 1962 e 1970), tem sido uma fonte de preocupação nos últimos anos.

O mundo do futebol chegou a temer pela vida de Pelé em novembro de 2014, quando ele foi internado na unidade de tratamento intensivo após uma infecção urinária que o obrigou a passar por uma hemodiálise.

Edson Arantes do Nascimento, conhecido mundialmente como Pelé, foi visto em público nos últimos anos em uma cadeira de rodas ou com um andador. Em 2016 não teve condições físicas de acender a tocha olímpica nos Jogos do Rio.

jm-pt/gv/fp

Veja também
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Nicole Bahls já havia sido alertada sobre infidelidade do ex-marido
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Chef playmate cria receita afrodisíaca para o Dia do Orgasmo
+ ‘Transo 15 vezes na semana’, diz Eduardo Costa ao revelar tratamento por vício em sexo
+ Mercedes-Benz Sprinter ganha versão motorhome
+ Veja fotos de Karoline Lima, novo affair de Neymar
+ Anorexia, um transtorno alimentar que pode levar à morte
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago

Esportes

Pelé retorna ao Brasil após hospitalização na França


O rei do futebol, Pelé, desembarcou nesta terça-feira em São Paulo, procedente de Paris, onde permaneceu hospitalizado por cinco dias em consequência de uma infecção urinária.

“Mais uma vez, graças a Deus, tudo saiu bem. Estou vivo. Longa vida no Brasil”, declarou aos jornalistas ao deixar o aeroporto de Guarulhos em uma cadeira de rodas.

Pelé, 78 anos, foi internado em 3 de abril após participar em um evento promocional em Paris com o jovem francês Kylian Mbappé.

O ex-atleta foi tratado por uma infecção urinária grave, “que requisitou assistência médica e cirúrgica de emergência”, informou Pelé na segunda-feira.

A frágil saúde de Pelé, único jogador a conquistar três Copas do Mundo (1958, 1962 e 1970), tem sido uma fonte de preocupação nos últimos anos.

O mundo do futebol chegou a temer pela vida de Pelé em novembro de 2014, quando ele foi internado na unidade de tratamento intensivo após uma infecção urinária que o obrigou a passar por uma hemodiálise.

Edson Arantes do Nascimento, conhecido mundialmente como Pelé, foi visto em público nos últimos anos em uma cadeira de rodas ou com um andador. Em 2016 não teve condições físicas de acender a tocha olímpica nos Jogos do Rio.

jm-pt/gv/fp

Veja também
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Nicole Bahls já havia sido alertada sobre infidelidade do ex-marido
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Chef playmate cria receita afrodisíaca para o Dia do Orgasmo
+ ‘Transo 15 vezes na semana’, diz Eduardo Costa ao revelar tratamento por vício em sexo
+ Mercedes-Benz Sprinter ganha versão motorhome
+ Veja fotos de Karoline Lima, novo affair de Neymar
+ Anorexia, um transtorno alimentar que pode levar à morte
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago

Esportes

Pelé retorna ao Brasil após hospitalização na França


O rei do futebol, Pelé, desembarcou nesta terça-feira em São Paulo, procedente de Paris, onde permaneceu hospitalizado por cinco dias em consequência de uma infecção urinária.

“Mais uma vez, graças a Deus, tudo saiu bem. Estou vivo. Longa vida no Brasil”, declarou aos jornalistas ao deixar o aeroporto de Guarulhos em uma cadeira de rodas.

Pelé, 78 anos, foi internado em 3 de abril após participar em um evento promocional em Paris com o jovem francês Kylian Mbappé.

O ex-atleta foi tratado por uma infecção urinária grave, “que requisitou assistência médica e cirúrgica de emergência”, informou Pelé na segunda-feira.

A frágil saúde de Pelé, único jogador a conquistar três Copas do Mundo (1958, 1962 e 1970), tem sido uma fonte de preocupação nos últimos anos.

O mundo do futebol chegou a temer pela vida de Pelé em novembro de 2014, quando ele foi internado na unidade de tratamento intensivo após uma infecção urinária que o obrigou a passar por uma hemodiálise.

Edson Arantes do Nascimento, conhecido mundialmente como Pelé, foi visto em público nos últimos anos em uma cadeira de rodas ou com um andador. Em 2016 não teve condições físicas de acender a tocha olímpica nos Jogos do Rio.

jm-pt/gv/fp

Veja também
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Nicole Bahls já havia sido alertada sobre infidelidade do ex-marido
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Chef playmate cria receita afrodisíaca para o Dia do Orgasmo
+ ‘Transo 15 vezes na semana’, diz Eduardo Costa ao revelar tratamento por vício em sexo
+ Mercedes-Benz Sprinter ganha versão motorhome
+ Veja fotos de Karoline Lima, novo affair de Neymar
+ Anorexia, um transtorno alimentar que pode levar à morte
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago

Esportes

Pelé retorna ao Brasil após hospitalização na França


O rei do futebol, Pelé, desembarcou nesta terça-feira em São Paulo, procedente de Paris, onde permaneceu hospitalizado por cinco dias em consequência de uma infecção urinária.

“Mais uma vez, graças a Deus, tudo saiu bem. Estou vivo. Longa vida no Brasil”, declarou aos jornalistas ao deixar o aeroporto de Guarulhos em uma cadeira de rodas.

Pelé, 78 anos, foi internado em 3 de abril após participar em um evento promocional em Paris com o jovem francês Kylian Mbappé.

O ex-atleta foi tratado por uma infecção urinária grave, “que requisitou assistência médica e cirúrgica de emergência”, informou Pelé na segunda-feira.

A frágil saúde de Pelé, único jogador a conquistar três Copas do Mundo (1958, 1962 e 1970), tem sido uma fonte de preocupação nos últimos anos.

O mundo do futebol chegou a temer pela vida de Pelé em novembro de 2014, quando ele foi internado na unidade de tratamento intensivo após uma infecção urinária que o obrigou a passar por uma hemodiálise.

Edson Arantes do Nascimento, conhecido mundialmente como Pelé, foi visto em público nos últimos anos em uma cadeira de rodas ou com um andador. Em 2016 não teve condições físicas de acender a tocha olímpica nos Jogos do Rio.

jm-pt/gv/fp

Veja também
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Nicole Bahls já havia sido alertada sobre infidelidade do ex-marido
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Chef playmate cria receita afrodisíaca para o Dia do Orgasmo
+ ‘Transo 15 vezes na semana’, diz Eduardo Costa ao revelar tratamento por vício em sexo
+ Mercedes-Benz Sprinter ganha versão motorhome
+ Veja fotos de Karoline Lima, novo affair de Neymar
+ Anorexia, um transtorno alimentar que pode levar à morte
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago

Esportes

Pelé retorna ao Brasil após hospitalização na França


O rei do futebol, Pelé, desembarcou nesta terça-feira em São Paulo, procedente de Paris, onde permaneceu hospitalizado por cinco dias em consequência de uma infecção urinária.

“Mais uma vez, graças a Deus, tudo saiu bem. Estou vivo. Longa vida no Brasil”, declarou aos jornalistas ao deixar o aeroporto de Guarulhos em uma cadeira de rodas.

Pelé, 78 anos, foi internado em 3 de abril após participar em um evento promocional em Paris com o jovem francês Kylian Mbappé.

O ex-atleta foi tratado por uma infecção urinária grave, “que requisitou assistência médica e cirúrgica de emergência”, informou Pelé na segunda-feira.

A frágil saúde de Pelé, único jogador a conquistar três Copas do Mundo (1958, 1962 e 1970), tem sido uma fonte de preocupação nos últimos anos.

O mundo do futebol chegou a temer pela vida de Pelé em novembro de 2014, quando ele foi internado na unidade de tratamento intensivo após uma infecção urinária que o obrigou a passar por uma hemodiálise.

Edson Arantes do Nascimento, conhecido mundialmente como Pelé, foi visto em público nos últimos anos em uma cadeira de rodas ou com um andador. Em 2016 não teve condições físicas de acender a tocha olímpica nos Jogos do Rio.

jm-pt/gv/fp

Veja também
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Nicole Bahls já havia sido alertada sobre infidelidade do ex-marido
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Chef playmate cria receita afrodisíaca para o Dia do Orgasmo
+ ‘Transo 15 vezes na semana’, diz Eduardo Costa ao revelar tratamento por vício em sexo
+ Mercedes-Benz Sprinter ganha versão motorhome
+ Veja fotos de Karoline Lima, novo affair de Neymar
+ Anorexia, um transtorno alimentar que pode levar à morte
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago

Esportes

Pelé retorna ao Brasil após hospitalização na França


O rei do futebol, Pelé, desembarcou nesta terça-feira em São Paulo, procedente de Paris, onde permaneceu hospitalizado por cinco dias em consequência de uma infecção urinária.

“Mais uma vez, graças a Deus, tudo saiu bem. Estou vivo. Longa vida no Brasil”, declarou aos jornalistas ao deixar o aeroporto de Guarulhos em uma cadeira de rodas.

Pelé, 78 anos, foi internado em 3 de abril após participar em um evento promocional em Paris com o jovem francês Kylian Mbappé.

O ex-atleta foi tratado por uma infecção urinária grave, “que requisitou assistência médica e cirúrgica de emergência”, informou Pelé na segunda-feira.

A frágil saúde de Pelé, único jogador a conquistar três Copas do Mundo (1958, 1962 e 1970), tem sido uma fonte de preocupação nos últimos anos.

O mundo do futebol chegou a temer pela vida de Pelé em novembro de 2014, quando ele foi internado na unidade de tratamento intensivo após uma infecção urinária que o obrigou a passar por uma hemodiálise.

Edson Arantes do Nascimento, conhecido mundialmente como Pelé, foi visto em público nos últimos anos em uma cadeira de rodas ou com um andador. Em 2016 não teve condições físicas de acender a tocha olímpica nos Jogos do Rio.

jm-pt/gv/fp

Veja também
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Nicole Bahls já havia sido alertada sobre infidelidade do ex-marido
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Chef playmate cria receita afrodisíaca para o Dia do Orgasmo
+ ‘Transo 15 vezes na semana’, diz Eduardo Costa ao revelar tratamento por vício em sexo
+ Mercedes-Benz Sprinter ganha versão motorhome
+ Veja fotos de Karoline Lima, novo affair de Neymar
+ Anorexia, um transtorno alimentar que pode levar à morte
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago

Esportes

Pelé retorna ao Brasil após hospitalização na França


O rei do futebol, Pelé, desembarcou nesta terça-feira em São Paulo, procedente de Paris, onde permaneceu hospitalizado por cinco dias em consequência de uma infecção urinária.

“Mais uma vez, graças a Deus, tudo saiu bem. Estou vivo. Longa vida no Brasil”, declarou aos jornalistas ao deixar o aeroporto de Guarulhos em uma cadeira de rodas.

Pelé, 78 anos, foi internado em 3 de abril após participar em um evento promocional em Paris com o jovem francês Kylian Mbappé.

O ex-atleta foi tratado por uma infecção urinária grave, “que requisitou assistência médica e cirúrgica de emergência”, informou Pelé na segunda-feira.

A frágil saúde de Pelé, único jogador a conquistar três Copas do Mundo (1958, 1962 e 1970), tem sido uma fonte de preocupação nos últimos anos.

O mundo do futebol chegou a temer pela vida de Pelé em novembro de 2014, quando ele foi internado na unidade de tratamento intensivo após uma infecção urinária que o obrigou a passar por uma hemodiálise.

Edson Arantes do Nascimento, conhecido mundialmente como Pelé, foi visto em público nos últimos anos em uma cadeira de rodas ou com um andador. Em 2016 não teve condições físicas de acender a tocha olímpica nos Jogos do Rio.

jm-pt/gv/fp

Veja também
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Nicole Bahls já havia sido alertada sobre infidelidade do ex-marido
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Chef playmate cria receita afrodisíaca para o Dia do Orgasmo
+ ‘Transo 15 vezes na semana’, diz Eduardo Costa ao revelar tratamento por vício em sexo
+ Mercedes-Benz Sprinter ganha versão motorhome
+ Veja fotos de Karoline Lima, novo affair de Neymar
+ Anorexia, um transtorno alimentar que pode levar à morte
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago

Esportes

Pelé retorna ao Brasil após hospitalização na França


O rei do futebol, Pelé, desembarcou nesta terça-feira em São Paulo, procedente de Paris, onde permaneceu hospitalizado por cinco dias em consequência de uma infecção urinária.

“Mais uma vez, graças a Deus, tudo saiu bem. Estou vivo. Longa vida no Brasil”, declarou aos jornalistas ao deixar o aeroporto de Guarulhos em uma cadeira de rodas.

Pelé, 78 anos, foi internado em 3 de abril após participar em um evento promocional em Paris com o jovem francês Kylian Mbappé.

O ex-atleta foi tratado por uma infecção urinária grave, “que requisitou assistência médica e cirúrgica de emergência”, informou Pelé na segunda-feira.

A frágil saúde de Pelé, único jogador a conquistar três Copas do Mundo (1958, 1962 e 1970), tem sido uma fonte de preocupação nos últimos anos.

O mundo do futebol chegou a temer pela vida de Pelé em novembro de 2014, quando ele foi internado na unidade de tratamento intensivo após uma infecção urinária que o obrigou a passar por uma hemodiálise.

Edson Arantes do Nascimento, conhecido mundialmente como Pelé, foi visto em público nos últimos anos em uma cadeira de rodas ou com um andador. Em 2016 não teve condições físicas de acender a tocha olímpica nos Jogos do Rio.

jm-pt/gv/fp

Veja também
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Nicole Bahls já havia sido alertada sobre infidelidade do ex-marido
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Chef playmate cria receita afrodisíaca para o Dia do Orgasmo
+ ‘Transo 15 vezes na semana’, diz Eduardo Costa ao revelar tratamento por vício em sexo
+ Mercedes-Benz Sprinter ganha versão motorhome
+ Veja fotos de Karoline Lima, novo affair de Neymar
+ Anorexia, um transtorno alimentar que pode levar à morte
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago

Esportes

Pelé retorna ao Brasil após hospitalização na França


O rei do futebol, Pelé, desembarcou nesta terça-feira em São Paulo, procedente de Paris, onde permaneceu hospitalizado por cinco dias em consequência de uma infecção urinária.

“Mais uma vez, graças a Deus, tudo saiu bem. Estou vivo. Longa vida no Brasil”, declarou aos jornalistas ao deixar o aeroporto de Guarulhos em uma cadeira de rodas.

Pelé, 78 anos, foi internado em 3 de abril após participar em um evento promocional em Paris com o jovem francês Kylian Mbappé.

O ex-atleta foi tratado por uma infecção urinária grave, “que requisitou assistência médica e cirúrgica de emergência”, informou Pelé na segunda-feira.

A frágil saúde de Pelé, único jogador a conquistar três Copas do Mundo (1958, 1962 e 1970), tem sido uma fonte de preocupação nos últimos anos.

O mundo do futebol chegou a temer pela vida de Pelé em novembro de 2014, quando ele foi internado na unidade de tratamento intensivo após uma infecção urinária que o obrigou a passar por uma hemodiálise.

Edson Arantes do Nascimento, conhecido mundialmente como Pelé, foi visto em público nos últimos anos em uma cadeira de rodas ou com um andador. Em 2016 não teve condições físicas de acender a tocha olímpica nos Jogos do Rio.

jm-pt/gv/fp

Veja também
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Nicole Bahls já havia sido alertada sobre infidelidade do ex-marido
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Chef playmate cria receita afrodisíaca para o Dia do Orgasmo
+ ‘Transo 15 vezes na semana’, diz Eduardo Costa ao revelar tratamento por vício em sexo
+ Mercedes-Benz Sprinter ganha versão motorhome
+ Veja fotos de Karoline Lima, novo affair de Neymar
+ Anorexia, um transtorno alimentar que pode levar à morte
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago

Esportes

Pelé retorna ao Brasil após hospitalização na França


O rei do futebol, Pelé, desembarcou nesta terça-feira em São Paulo, procedente de Paris, onde permaneceu hospitalizado por cinco dias em consequência de uma infecção urinária.

“Mais uma vez, graças a Deus, tudo saiu bem. Estou vivo. Longa vida no Brasil”, declarou aos jornalistas ao deixar o aeroporto de Guarulhos em uma cadeira de rodas.

Pelé, 78 anos, foi internado em 3 de abril após participar em um evento promocional em Paris com o jovem francês Kylian Mbappé.

O ex-atleta foi tratado por uma infecção urinária grave, “que requisitou assistência médica e cirúrgica de emergência”, informou Pelé na segunda-feira.

A frágil saúde de Pelé, único jogador a conquistar três Copas do Mundo (1958, 1962 e 1970), tem sido uma fonte de preocupação nos últimos anos.

O mundo do futebol chegou a temer pela vida de Pelé em novembro de 2014, quando ele foi internado na unidade de tratamento intensivo após uma infecção urinária que o obrigou a passar por uma hemodiálise.

Edson Arantes do Nascimento, conhecido mundialmente como Pelé, foi visto em público nos últimos anos em uma cadeira de rodas ou com um andador. Em 2016 não teve condições físicas de acender a tocha olímpica nos Jogos do Rio.

jm-pt/gv/fp

Veja também
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Nicole Bahls já havia sido alertada sobre infidelidade do ex-marido
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Chef playmate cria receita afrodisíaca para o Dia do Orgasmo
+ ‘Transo 15 vezes na semana’, diz Eduardo Costa ao revelar tratamento por vício em sexo
+ Mercedes-Benz Sprinter ganha versão motorhome
+ Veja fotos de Karoline Lima, novo affair de Neymar
+ Anorexia, um transtorno alimentar que pode levar à morte
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago

Esportes

Pelé retorna ao Brasil após hospitalização na França


O rei do futebol, Pelé, desembarcou nesta terça-feira em São Paulo, procedente de Paris, onde permaneceu hospitalizado por cinco dias em consequência de uma infecção urinária.

“Mais uma vez, graças a Deus, tudo saiu bem. Estou vivo. Longa vida no Brasil”, declarou aos jornalistas ao deixar o aeroporto de Guarulhos em uma cadeira de rodas.

Pelé, 78 anos, foi internado em 3 de abril após participar em um evento promocional em Paris com o jovem francês Kylian Mbappé.

O ex-atleta foi tratado por uma infecção urinária grave, “que requisitou assistência médica e cirúrgica de emergência”, informou Pelé na segunda-feira.

A frágil saúde de Pelé, único jogador a conquistar três Copas do Mundo (1958, 1962 e 1970), tem sido uma fonte de preocupação nos últimos anos.

O mundo do futebol chegou a temer pela vida de Pelé em novembro de 2014, quando ele foi internado na unidade de tratamento intensivo após uma infecção urinária que o obrigou a passar por uma hemodiálise.

Edson Arantes do Nascimento, conhecido mundialmente como Pelé, foi visto em público nos últimos anos em uma cadeira de rodas ou com um andador. Em 2016 não teve condições físicas de acender a tocha olímpica nos Jogos do Rio.

jm-pt/gv/fp

Veja também
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Nicole Bahls já havia sido alertada sobre infidelidade do ex-marido
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Chef playmate cria receita afrodisíaca para o Dia do Orgasmo
+ ‘Transo 15 vezes na semana’, diz Eduardo Costa ao revelar tratamento por vício em sexo
+ Mercedes-Benz Sprinter ganha versão motorhome
+ Veja fotos de Karoline Lima, novo affair de Neymar
+ Anorexia, um transtorno alimentar que pode levar à morte
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago

Esportes

Pelé retorna ao Brasil após hospitalização na França


O rei do futebol, Pelé, desembarcou nesta terça-feira em São Paulo, procedente de Paris, onde permaneceu hospitalizado por cinco dias em consequência de uma infecção urinária.

“Mais uma vez, graças a Deus, tudo saiu bem. Estou vivo. Longa vida no Brasil”, declarou aos jornalistas ao deixar o aeroporto de Guarulhos em uma cadeira de rodas.

Pelé, 78 anos, foi internado em 3 de abril após participar em um evento promocional em Paris com o jovem francês Kylian Mbappé.

O ex-atleta foi tratado por uma infecção urinária grave, “que requisitou assistência médica e cirúrgica de emergência”, informou Pelé na segunda-feira.

A frágil saúde de Pelé, único jogador a conquistar três Copas do Mundo (1958, 1962 e 1970), tem sido uma fonte de preocupação nos últimos anos.

O mundo do futebol chegou a temer pela vida de Pelé em novembro de 2014, quando ele foi internado na unidade de tratamento intensivo após uma infecção urinária que o obrigou a passar por uma hemodiálise.

Edson Arantes do Nascimento, conhecido mundialmente como Pelé, foi visto em público nos últimos anos em uma cadeira de rodas ou com um andador. Em 2016 não teve condições físicas de acender a tocha olímpica nos Jogos do Rio.

jm-pt/gv/fp

Veja também
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Nicole Bahls já havia sido alertada sobre infidelidade do ex-marido
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Chef playmate cria receita afrodisíaca para o Dia do Orgasmo
+ ‘Transo 15 vezes na semana’, diz Eduardo Costa ao revelar tratamento por vício em sexo
+ Mercedes-Benz Sprinter ganha versão motorhome
+ Veja fotos de Karoline Lima, novo affair de Neymar
+ Anorexia, um transtorno alimentar que pode levar à morte
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago

Esportes

Pelé retorna ao Brasil após hospitalização na França


O rei do futebol, Pelé, desembarcou nesta terça-feira em São Paulo, procedente de Paris, onde permaneceu hospitalizado por cinco dias em consequência de uma infecção urinária.

“Mais uma vez, graças a Deus, tudo saiu bem. Estou vivo. Longa vida no Brasil”, declarou aos jornalistas ao deixar o aeroporto de Guarulhos em uma cadeira de rodas.

Pelé, 78 anos, foi internado em 3 de abril após participar em um evento promocional em Paris com o jovem francês Kylian Mbappé.

O ex-atleta foi tratado por uma infecção urinária grave, “que requisitou assistência médica e cirúrgica de emergência”, informou Pelé na segunda-feira.

A frágil saúde de Pelé, único jogador a conquistar três Copas do Mundo (1958, 1962 e 1970), tem sido uma fonte de preocupação nos últimos anos.

O mundo do futebol chegou a temer pela vida de Pelé em novembro de 2014, quando ele foi internado na unidade de tratamento intensivo após uma infecção urinária que o obrigou a passar por uma hemodiálise.

Edson Arantes do Nascimento, conhecido mundialmente como Pelé, foi visto em público nos últimos anos em uma cadeira de rodas ou com um andador. Em 2016 não teve condições físicas de acender a tocha olímpica nos Jogos do Rio.

jm-pt/gv/fp

Veja também
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Nicole Bahls já havia sido alertada sobre infidelidade do ex-marido
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Chef playmate cria receita afrodisíaca para o Dia do Orgasmo
+ ‘Transo 15 vezes na semana’, diz Eduardo Costa ao revelar tratamento por vício em sexo
+ Mercedes-Benz Sprinter ganha versão motorhome
+ Veja fotos de Karoline Lima, novo affair de Neymar
+ Anorexia, um transtorno alimentar que pode levar à morte
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago

Copyright © 2021 - Editora Três
Todos os direitos reservados.

Nota de esclarecimento A Três Comércio de Publicaçõs Ltda. (EDITORA TRÊS) vem informar aos seus consumidores que não realiza cobranças por telefone e que também não oferece cancelamento do contrato de assinatura de revistas mediante o pagamento de qualquer valor. Tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A Editora Três é vítima e não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças, informando aos seus clientes que todas as medidas cabíveis foram tomadas, inclusive criminais, para apuração das responsabilidades.