Esportes

Pedro se isola na artilharia do Flamengo em 2020

Atacante marcou contra o Internacional nesse domingo

Pedro se isola na artilharia do Flamengo em 2020

O caminho do gol parece ser algo natural para os atacantes que vestem a camisa do Flamengo. Após Gabriel Barbosa e Bruno Henrique brilharem em 2019, agora tem sido a vez de Pedro se destacar no Rubro-Negro. Com a ausência de Gabigol, que vem se recuperando de uma lesão no tornozelo, o centroavante vem mantendo a ótima média de bolas na rede entre os artilheiros rubro-negros.

Contra o Internacional, nesse domingo, no empate em 2 a 2, no Beira-Rio, Pedro anotou o seu 17º tento na temporada e se isolou como o principal goleador da equipe da Gávea em 2020. O jogador superou exatamente o camisa 9, que já deixou sua marca 16 vezes no ano. Bruno Henrique, com 14, vem logo em seguida.

Apesar de já ter disputado 33 jogos pelo Flamengo, Pedro é o jogador do trio que tem menos minutos em campo. São apenas 1615, contra 2266 de Bruno e 2128 de Gabigol, segundo dados do site OGol. Isso porque o camisa 21 foi reserva em suas primeiras atuações no novo clube, o que torna ainda mais impressionante a sua média.

ARTILHEIROS DO FLAMENGO EM 2020
– Números OGol

1º – Pedro – 17 gols em 1615 minutos
2º – Gabigol – 16 gols em 2128 minutos
3º – Bruno Henrique – 14 gols em 2266 minutos
4º – Everton Ribeiro – 8 gols em 2452 minutos
5º – Arrascaeta – 7 gols em 2105 minutos

Veja também

+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Cirurgia íntima: quanto custa e como funciona
+ MasterChef: Fogaça compara prato com comida de cachorro
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel