ISTOÉ Gente

Pedro Paulo Rangel sobre problema de saúde aos 73 anos: ‘Não sou inválido’

Pedro Paulo Rangel sobre problema de saúde aos 73 anos: ‘Não sou inválido’

Pedro Paulo Rangel sobre problema de saúde aos 73 anos: 'Não sou inválido'


Pedro Paulo Rangel, que está no ar como Calixto na reprise de “O Cravo e A Rosa”, da Globo, e na série “200 Anos”, da TV Cultura, desabafou sobre o problema de saúde que enfrenta.

“Vi notícias de que estou doente, que parei de trabalhar. Eu queria desmentir isso. Na verdade, tenho uma doença crônica, DPOC (doença pulmonar obstrutiva crônica), causada pelo cigarro. Isso absolutamente não me impede de trabalhar”, contou para a coluna de Patrícia Kogut no jornal “O Globo”.

“Eu tomo remédios, tenho uma rotina. Faço fisioterapia. Eu só não posso andar muitos metros, não consigo, me dá falta de ar. Mas no palco eu ando perfeitamente. Nas ruas uso uma scooter”, disse.

“É a maneira que tenho para sair de casa e me locomover. Não quero andar e parar a cada cem metros para respirar. Não sou um inválido que está na cama. Foi muito chato quando li isso. É desagradável”, desabafou.

Hoje, aos 73 anos, o ator conta que parou de fumar em 1998 e descobriu o problema em 2022. “Ela não dá sinais, é uma doença traiçoeira. Quando aparece, babau. Não tem cura, é irreversível e progressiva. Eu já tinha parado de fumar, mas o mal estava feito”, disse.