Economia

PEC paralela deve ser votada dia 6 na CCJ e semana que vem no plenário, diz líder

O líder do governo no Congresso, Eduardo Gomes (MDB-TO), afirmou que a PEC paralela deve ser votada nesta quarta-feira, 6, na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado e semana que vem no plenário da Casa. A proposta inclui Estados e municípios na reforma da Previdência e promove outras alterações no sistema.

O mesmo calendário de votação – quarta na CCJ e semana que vem no plenário – foi citado por Gomes para o projeto que regulamenta a aposentadoria especial por periculosidade.

A votação dessa proposta no Senado é condição colocada por parlamentares para promulgar a reforma da Previdência.

A promulgação da reforma, conforme apurou o Broadcast Político (sistema de notícias em tempo real do Grupo Estado), é esperada pelo governo para os próximos dias 13 ou 14 de novembro, após a votação da PEC paralela e do projeto da aposentadoria especial.


+ Advogada é morta e tem corpo carbonizado no Rio de Janeiro
+ Morre Liliane Amorim, influencer de Juazeiro do Norte, após complicações da realização de lipoaspiração

Veja também

+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Atriz e modelo sul-coreana Song Yoo-jung morre aos 26 anos
+ Pais matam as 2 filhas para provar que elas voltariam a vida
+ Cientista desvenda mistério do monstro do Lago Ness. Descubra! + Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel