Geral

Pazuello: modelo anterior de divulgação de dados nunca me agradou


O ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, afirmou nesta terça-feira, 9, que o modelo de divulgação de boletins diários de casos de covid-19 que era adotada pelo governo federal nunca o agradou. Nos últimos dias, o governo foi alvo de críticas pela mudança de critério para a contagem de óbitos.

Segundo ele, não era a intenção do governo federal omitir dados, apenas reformular a apresentação das informações. “Não acho que Estados e municípios mandem dados errados, são os que eles têm. Mas, na minha avaliação, não eram fidedignos”. Ele afirmou que a intenção é destacar a data em que ocorreu o óbito do paciente.

As declarações foram dadas durante participação na Comissão Externa da Câmara que discute assuntos relacionados à pandemia do novo coronavírus no País. Aos parlamentares, o ministro afirmou que o sistema, que será atualizado automaticamente, deverá estar disponível como todos os dados em até 48 horas.

O ministro indiciou que o governo poderá incluir novas informações no banco de dados, como gráficos sobre ocupação de leitos de UTI e de casos suspeitos da doença do Brasil. Até então, a pasta só divulga dados de casos confirmados e de óbitos.

Veja também
+Deolane Bezerra, viúva de MC Kevin, revela que fez cirurgia na vagina
+ Vídeos mostram pessoas preparando saladas com Cheetos no TikTok
+ Mulher e filho de Schumacher falam sobre saúde do ex-piloto
+ Carvão “gourmet” que não suja as mãos vira meme nas rede sociais; ouça
+ Mãe encontra filho de 2 anos morto com bilhete ao lado ao chegar em casa
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Passageira agride e arranca dois dentes de aeromoça
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago