Brasil

Ex-diretor da Dersa na gestão PSDB, Paulo Preto é preso em SP

Paulo Vieira de Souza, ex-diretor da Dersa (Crédito:Divulgação)

A pedido da Força-Tarefa da Operação Lava Jato em São Paulo, a 5ª Vara Criminal Federal de São Paulo determinou a prisão preventiva de Paulo Vieira de Souza, conhecido como Paulo Preto, ex-diretor da Dersa na gestão do PSDB, pela conveniência da instrução criminal, na forma dos artigos 282 e 312 do Código de Processo Penal, além de autorizar busca e apreensão em sua residência. Os mandados foram cumpridos nesta manhã pela Polícia Federal.

Em 22 de março, a Força Tarefa da Lava Jato em São Paulo ofereceu denúncia contra Paulo Vieira de Souza, José Geraldo Casas Vilela e outras três pessoas por terem desviado recursos, em espécie e em imóveis, entre os anos de 2009 e 2011, no total de R$ 7,7 milhões (valores da época) destinados ao reassentamento de pessoas desalojadas pela Dersa para a realização das obras do trecho sul do Rodoanel, o prolongamento da avenida Jacu Pêssego e a Nova Marginal Tietê, na região metropolitana de São Paulo.

A denúncia foi aceita e os réus respondem pelos crimes de formação de quadrilha, peculato e inserção de dados falsos em sistema público de informação.

Veja também

+ Gafanhotos: Bahia enfrenta nuvem de insetos
+ Receta fácil de Petit Gateau de Brigadeiro da Ana Maria Braga
+ Claudia Rodrigues tem fratura na costela e lesões no cérebro após acidente doméstico
+ Juliana Caetano, impressiona com modelito de segunda-feira
+ Juliana Caetano anúncia reality com sua irmã Márcia do Bonde: “Tudo pela Fama”
+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Saiba em quais lugares o contágio pelo novo coronavírus pode ser maior